Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

2021 será o Ano Europeu do Transporte Ferroviário

Juntos, a Presidência alemã e a próxima Presidência portuguesa do Conselho da UE estão a trabalhar no reforço do transporte ferroviário e na promoção do Ano Europeu do Transporte Ferroviário 2021.

A 1 de Dezembro de 2020, os Membros do Comité dos Transportes aprovaram também o acordo tripartido entre o Conselho, o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia sobre o Ano Europeu do Transporte Ferroviário 2021.

O Ministro Federal dos Transportes, Andreas Scheuer, afirmou: "2021 será o Ano Europeu do Transporte Ferroviário". A ferrovia torna a Europa ainda mais amiga do clima e do ambiente. Durante os últimos meses, demos início a atividades específicas: com a Declaração de Berlim, estamos a avançar, entre outras coisas, com o sistema digital de gestão do tráfego ferroviário ERTMS, bem como com a modernização da frota de vagões de mercadorias. A palavra-chave aqui é o Digital Automatic Coupling. Em termos de serviços ferroviários de passageiros, estamos a dar um verdadeiro salto em frente em direção a um European clock-face timetable. Queremos sincronizar os horários de intervalos regulares da ferrovia europeia, estabelecendo assim ligações ferroviárias diretas utilizando o TransEuropeExpress 2.0 como porta-estandarte. Isto faria das viagens ferroviárias uma alternativa convincente aos voos intra-europeus e às longas horas na auto-estrada - através de comboios transfronteiriços de alta velocidade e comboios noturnos. Durante os próximos seis meses, Portugal irá também concentrar-se no transporte ferroviário e continuar a reforçar o setor".

O Ministro Pedro Nuno Santos declarou: "Acredito firmemente que o transporte ferroviário será o núcleo das nossas futuras redes de transporte, à medida que nos esforçamos por combater as alterações climáticas e por aproximar as pessoas de todas as geografias da Europa. O investimento no transporte ferroviário desempenhará também um papel importante na nossa recuperação económica, como instrumento para uma melhor coesão social, cultural e económica, bem como para uma maior resiliência. Teremos o privilégio de assumir a Presidência do Conselho da UE durante a primeira metade do Ano Europeu do Transporte Ferroviário 2021 e continuar o trabalho que já temos vindo a fazer com os nossos parceiros, especialmente com a Presidência alemã, que nos precede, sobre várias questões políticas importantes. Mas, para além de políticas específicas, pretendemos assegurar que o transporte ferroviário seja um contributo para melhorar a vida das pessoas em todo o continente europeu".

Mais informações:

Com eventos, campanhas e iniciativas, o Ano Europeu do Transporte Ferroviário 2021 pretende promover a ferrovia como um modo de transporte mais sustentável, inovador e seguro. Outros objetivos do Ano Europeu do Transporte Ferroviário são a sensibilização para a dimensão transfronteiriça e europeia do transporte ferroviário e o aumento da contribuição do modo de transporte para o reforço das empresas, da indústria e da sociedade na UE.

fonte