Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Açores assumem a Presidência das Regiões Ultraperiféricas da Europa

Os Açores assumem, dia 23, a Presidência da Conferência dos Presidentes das Regiões Ultraperiféricas para o período de Novembro de 2020 a Novembro de 2021.

Os trabalhos têm início segunda-feira com a reunião do Comité de Acompanhamento da Conferência, e a Conferência encerra sexta-feira, 26 de Novembro, com a passagem da Presidência da Conferência dos Presidentes das Regiões Ultraperiféricas de Maiote para os Açores.

Regiões Ultraperiféricas Regiões Ultraperiféricas da Europa

As nove Regiões Ultraperiféricas da Europa (RUP) – Açores, Canárias, Guadalupe, Guiana, Madeira, Martinica, Maiote, Reunião, São Martinho – possuem um estatuto próprio, reconhecido pelo artigo 349.º do Tratado de Funcionamento da União Europeia, que reconhece as fragilidades permanentes destas regiões, que decorrem do distanciamento, da pequena dimensão e da exposição às catástrofes nestas regiões.

“Os Açores têm defendido que, para além do reconhecimento destas fragilidades e consequente solidariedade europeia, devem ser reconhecidas as mais valias que as Regiões Ultraperiféricas trazem à União Europeia, tais como a sua dimensão marítima, projecção mundial e posição geoestratégica”, refere uma nota de imprensa do Executivo açoriano.

Agricultura e Mar Actual