Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ANA CUNHA:

Investimento no Porto de Ponta Delgada vai aumentar a sua operacionalidade

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores garante que o investimento em curso no Porto de Ponta Delgada terá consequências diretas na capacidade operacional deste porto.

Ana Cunha visitou a obra de reperfilamento do cais -10m (ZH), onde se inclui a repavimentação do terrapleno portuário, a beneficiação das redes técnicas e a dragagem da bacia portuária, no Porto de Ponta Delgada, tendo constatado que os trabalhos estão a decorrer a bom ritmo, nomeadamente no que diz respeito à dragagem da bacia portuária, que foi alvo de visita pormenorizada.

A titular da pasta das Obras Públicas salientou que esta dragagem dos fundos da bacia para as respetivas cotas de serviço irá “potenciar a operação de três navios de contentores em linha, no mesmo terrapleno, diminuindo o número de movimentações e ciclos de transporte, carga e descarga de contentores”.

Os trabalhos de demolição do edifício da ‘Alfândega’ já terminaram, decorrendo agora outras atividades, como os estudos geológicos e geotécnicos submersos, os levantamentos topográficos, a preparação e compatibilização de redes de infraestruturas e a demolição do edifício do canto nascente sul, que dará lugar ao novo edifício das Operações Portuárias.

Durante o mês de junho, com a execução da portaria avançada com controlo de pesagem, teve ainda início a relocalização do refeitório e a intervenção na zona de implantação do futuro edifício das Operações Portuárias.

Ana Cunha constatou que o início da intervenção no cais 12 deverá ocorrer em setembro, com o levantamento da cota de coroamento do cais de três metros para 3,5 metros, o reforço da sua superestrutura, para permitir a instalação de cabeços de amarração de 150 toneladas, a instalação de novas infraestruturas de combustíveis, água, esgotos, telecomunicações e energia e o novo pavimento em betão, que fará a ligação de todos estes elementos e que permitirá a movimentação horizontal da carga no porto, entre outros trabalhos.

Recorde-se que esta intervenção foi adjudicada pelo Governo dos Açores, através da Portos dos Açores, ao consórcio Tecnovia Açores/Marques, S.A./Etermar/Seth, por mais de 45,6 milhões de euros, tendo um prazo de execução de 36 meses.

Os trabalhos tiveram início a 18 de maio, prevendo-se a sua conclusão em maio de 2023.

A par deste investimento avultado, o Governo dos Açores, através da Portos dos Açores, continua comprometido com a renovação do equipamento portuário, num investimento de 10 milhões de euros para aquisição de mais de 20 equipamentos.

De recordar que este investimento teve início em 2019 e decorrerá até ao próximo ano.

Para o Porto de Ponta Delgada, decorre nesta altura o concurso público, já em fase de adjudicação, para a aquisição de mais quatro novos empilhadores, que reforçarão a operacionalidade desta infraestrutura portuária.

fonte