Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Onze anos de JUP II no Porto de Sines

No dia 9 de julho de 2009 a JUP II – Janela Única Portuária entrava em produção no Porto de Sines com a escala do navio WEC VELAZQUEZ. Onze anos e mais de 80 milhões de transações digitais depois, Sines continua a apostar no estado-da-arte dos sistemas de informação.

Os primeiros anos da década de 2000 marcaram uma viragem no Porto de Sines; começava a preparar-se aquele que viria a ser um porto moderno e simplificado, oferecendo os mais elevados padrões de eficiência operacional assentes num conceito paperless. A JUP II entrou em produção no dia 9 de julho de 2009, integrando, na altura, cerca de 300 utilizadores e registando, nesse ano, aproximadamente 70.000 transações.

Onze anos volvidos, os números falam por si; cerca de 2000 utilizadores integrados e 80 milhões de transações digitais referentes a mais de 22.000 escalas. Sines continua a crescer, não só nas ligações ao foreland mas também com o hinterland, e hoje, a JUP II conecta o porto com 54 plataformas multimodais, suportando um tráfego de mais de 2.000 navios e 6.000 comboios por ano.

Em setembro próximo, com a entrada em produção da JUL – Janela Única Logística, e a par dos restantes portos nacionais, Sines dará mais um passo determinante rumo à crescente digitalização e agilização da cadeia logística, com a integração dos modos de transporte terrestre – rodoviário e ferroviário, possibilitando o trace e tracking da carga até ao destino final, elevando assim os padrões de eficiência, fiabilidade e transparência do serviço prestado.

De olhos postos num futuro onde digitalização e inovação são variáveis essenciais para uma oferta mais competitiva, o Porto de Sines continuará a posicionar-se na linha da frente do desenvolvimento tecnológico, apto a dar resposta às crescentes exigências do shipping internacional e dos importadores e exportadores do seu hinterland.