Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Comunidade Portuária e Logística de Sines integra projeto europeu de inovação nos transportes

A CPLS - Comunidade Portuária e Logística de Sines integra o projeto europeu PLANET (“Progress towards Federated Logistics through the Integration of TEN-T into a Global Trade Network”), um projeto de investigação e inovação em parceria com diversos stakeholders internacionais de transporte e logística.

PLANET é um projeto com duração de 36 meses, iniciado a 1 de junho de 2020, que pretende ir além dos estudos conhecidos sobre a Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T), demonstrando de forma rigorosa a utilização de tecnologias emergentes nos corredores de ligação China – UE – EUA. O projeto assenta em dois pilares:

• Modelação dinâmica das rotas comerciais e do seu impacto nas infraestruturas logísticas e nas operações da RTE-T, tendo em conta fatores geoeconómicos.

• Transformação digital da RTE-T, com ganhos económicos e ambientais, utilizando tecnologias disruptivas, designadamente IoT, Blockchain, PI, 5G, Impressão 3D, hyperloop e veículos autónomos.

A análise dos fluxos de carga e das infraestruturas logísticas será consubstanciada em três Laboratórios Vivos centrados nos portos de Roterdão, Valência e Sines. Estes laboratórios também serão o foco da investigação de soluções inovadores para a coordenação de cadeias de abastecimento multimodais complexas, envolvendo atores públicos e privados.

O consórcio multinacional responsável pelo projeto compreende 33 parceiros de 14 países, sendo a CPLS o único representante português.

Segundo Jorge d’Almeida (na foto), presidente da CPLS, “a participação do complexo portuário e logístico de Sines neste ambicioso projeto, a par de Roterdão e Valência, demonstra bem a crescente importância de Sines e de Portugal no xadrez logístico global”.

O projeto PLANET é financiado pelo programa de investigação e inovação Horizon 2020 da EU, GA nº 860274.