Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

AOPL indignada com nova greve por parte dos estivadores em Lisboa

A Associação de Operadores do Porto de Lisboa (AOPL) afirmou-se “indignada” com a “greve preventiva” anunciada pelo Sindicato dos Estivadores caso seja levantado o estado de emergência e as empresas utilizem mão-de-obra estranha ao efetivo portuário em fevereiro.

Em comunicado, a associação, que representa as empresas de estiva dos grupos YILPORT, TMB e ETE, critica a atitude do Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) de anunciar um pré-aviso de greve “em plena situação de pandemia, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde”, e por “marcar nova greve para o período de 14 de abril a 01 de junho, não obstante estar suspenso o exercício do direito à greve”.

A AOPL acusa ainda o sindicato de tudo fazer “para evitar a contratação de novos trabalhadores” e de insistir “em perturbar o normal funcionamento do Porto de Lisboa, decisivo para o regular abastecimento das regiões autónomas da Madeira e dos Açores”.

O comunicado da AOPL surge como resposta ao pré-aviso de greve anunciado pelo SEAL, uma paralisação que, segundo o próprio sindicato, só será concretizada se for levantado o estado de emergência e se as empresas de estiva utilizarem mão-de-obra estranha àquela que era o efetivo de estivadores do Porto de Lisboa no passado mês de fevereiro.

mais detalhes