Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PSA movimentou 85,2 milhões de TEU em 2019, ano em que «expandiu os seus horizontes»

A PSA International Pte Ltd revelou ter movimentado, em 2019, 85,2 milhões de TEU, assim aumentando o seu volume em 5,2% em relação a 2018. O terminal principal do grupo, o PSA Singapura, aumentou, em termos homólogos, o seu volume em 1,6% e contribuiu com 36,9 milhões de TEU para o total global de 2019, enquanto os terminais PSA fora de Singapura aumentaram os volumes em 8,1%, para os 49,3 milhões de TEU.

Para o CEO do grupo, 2019 foi um ano de expansão de horizontes: «2019 foi um ano em que o Grupo PSA expandiu os seus horizontes, em pleno cenário de guerras comerciais, acções climáticas e impactos tecnológicos variados, nos negócios e na sociedade», comentou Tan Chong Meng. «Ao acolher novos terminais, como o DCT Gdansk, o PSA Halifax e o Penn Terminals, ampliámos o nosso alcance e a nossa capacidade de oferecer maior conectividade a novas economias, nos países bálticos e na América do Norte», acrescentou o CEO do grupo.

Além do fortalecimento do negócio dos terminais, a PSA redobrou os seus esforços para desenvolver mais opções de transporte para os donos das cargas e para os próprios transportadores em 2019, por meio da sua divisão PSA Cargo. O grupo também continuou a desenvolver a sua plataforma de interoperabilidade CALISTA, ideal para os stakeholders interessados em agregar valor adicional à cadeia de abastecimento global.
 

PSA apostada em potenciar a «sustentabilidade» da cadeia de abastecimento

«Ao iniciar uma nova década, a PSA continuará a desenvolver a sua rede global de portos, aproveitando ao máximo as tecnologias para melhorar a produtividade e atender da melhor forma os seus clientes. A nossa visão é a de capacitar as partes interessadas da cadeia logística com a capacidade de movimentar os seus produtos com maior inteligência e agilidade através da Internet de Logística, e trabalhar em conjunto com os nossos parceiros para permitir uma maior sustentabilidade para toda a cadeia de abastecimento», rematou Tan Chong Meng.

fonte