Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

HOJE E SEXTA-FEIRA, NO PORTO DO FUNCHAL

Tudo pronto para o 1.º Turnaround médio total

A sala de embarque da Gare Marítima da Madeira está pronta para receber o primeiro turnaround médio total, de 1000 a 1500 passageiros, do navio “Mein Schiff Herz”, a acontecer estas quinta e sexta-feira, dias 5 e 6 de dezembro, um novo desafio para a APRAM que até agora assegurou turnarounds até 500 passageiros.

A equipa que há anos assegura as operações portuárias na APRAM, SA, embora com experiência e conhecendo o processo, “procurou aprender com todos e consolidar esse conhecimento, com a avaliação de uma operação análoga realizada em La Valletta, Malta”, lembra o Oficial de Segurança do Porto do Funchal, Rui Lopes.

Sob a coordenação deste profissional, foi desenhada uma sala de receção de bagagem e uma sala de “check in”, duas áreas para controlo por raios X e desenvolvida a rede de comunicações e de ligações elétricas, uma proposta apresentada ao vivo à equipa da TUI Cruises, um gigante mundial na indústria de cruzeiros.

Foram feitos ligeiros ajustes e a Administração dos Portos registou os “muitos elogios ao profissionalismo, flexibilidade e paciência da nossa equipa,” adianta Patricia Bairrada, a responsável pela área comercial da APRAM que tem também sido elemento ativo na preparação desta operação.

Rui Lopes afirma que a 16 de novembro foi aprovada “a disposição final dos equipamentos e procedimentos operacionais no cais.” Entusiasmado, afirma que a equipa “encarou este desafio com o coração e coragem, pois para além da dimensão, este projeto envolvia ainda o objetivo de criar um grupo de trabalho, a partir de três equipas diferentes de múltiplas nacionalidades, juntando a equipa da APRAM à equipa da Tui Cruises, a bordo e na sede, e à equipa de apoio em terra ( shorex) na Madeira.”

Patricia Bairrada complementa e fala “numa quarta equipa que envolve também o agente de navegação, a JFM Shipping” e destaca o “esforço e as muitas reuniões havidas, no último ano, com as demais autoridades oficiais, pois o sucesso desta operação, depende do empenho e coordenação de todos.”
Até porque, afirma, o teste que “nos está a fazer a TUI, correndo bem, será uma porta aberta para outras operações dentro e fora daquele operador mundial.”

Rui Lopes também faz referência às muitas reuniões preparatórias e ao objetivo final que é “assegurar uma operação de sucesso e colocar a Madeira na rota das operações de turnaround de média dimensão para cruzeiros.”

O “Mein Schiff Herz” que significa “Meu Navio Coração” vai efetuar 13 escalas na Madeira até março, seis delas em turnaround total que implica chegar ou partir de avião, dependendo se inicia ou termina o cruzeiro na Madeira. E iniciar ou terminar o cruzeiro no Porto do Funchal significa que poderá haver movimentos de 3000 passageiros (1500 chegada/1500 partida) e 6000 mil bagagens, o que implica muito planeamento, rigor, mas também criatividade.