Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

«A marinha» de Adriaen Van der Salm chega a Aveiro

“Hoje é um dia feliz”, confessou José António Christo, diretor do museu de Aveiro. E feliz porque o principal museu da cidade recebeu uma obra que enriquece o acervo da instituição ligada à memória de Santa Joana.

Dá pelo nome de “A marinha” e é uma obra do século XVII da autoria do pintor holandês Adriaen Van der Salm, que chega ao museu pelas mãos do Novo Banco Cultura como uma representação do mar “num território marcado pelo Atlântico”.

Pelo Porto de Aveiro passaram inúmeros navios holandeses, ligados ao comércio do sal ou carregados de mercadorias raras provenientes de outros continentes e a chegada da pintura, a única do autor em Portugal, é encarada como uma memória vívida desse período. Tem “um cunho de Aveiro”, garante Jorge Rebola, vice-presidente da Câmara Municipal de Aveiro, enquanto António Ramalho, CEO do Novo Banco, fala de uma “obra que representa a valorização cultural”.

Com este protocolo, são já 49 as obras colocadas pelo Novo Banco Cultura em instituições espalhadas pelo país e a titular da Direção Regional da Cultura do Centro, Suzana Menezes, considera que iniciativas como esta contribuem para a “democratização da cultura”.

fonte

VISITE OS RECURSOS DO PORTO DE AVEIRO NA WEB

~ ~ ~ ~