Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Exposição imersiva sobre a missão da Polícia Marítima na Grécia inaugurada em Quarteira

Foi inaugurada, no Auditório do Centro Autárquico de Quarteira, a exposição relativa à missão da Polícia Marítima na Grécia, da autoria do jornalista da RTP David Araújo, integrada nas comemorações do Centenário da Polícia Marítima.

A exposição "Imergir" resulta de um trabalho que o jornalista David Araújo desenvolveu em Lesbos, na Grécia, junto dos elementos da Polícia Marítima e que pretende dar a conhecer às pessoas o trabalho desenvolvido por estes elementos, como também a realidade e as condições em que se encontram os migrantes que efetuam a travessia entre a Turquia e a Grécia, rumo à Europa.

Para além das fotografias e vídeos sobre a atuação da Polícia Marítima, David Araújo dá também a conhecer a história de alguns dos migrantes que se encontram neste momento no maior Campo de Refugiados da Europa, o Campo de Refugiados de Mória, tendo inclusivamente alguns materiais que os migrantes utilizaram durante a travessia para a Grécia, os quais estão envoltos num ambiente que pretende levar as pessoas a "imergir", ou seja, a entrar neste Mundo que David Araújo vivenciou na Grécia.

mais detalhes