Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Posição da Comunidade Portuária de Lisboa sobre decisão do SEAL

A CPL - Comunidade Portuária de Lisboa, reunida em Assembleia-Geral e a propósito de um recente comunicado publicado na comunicação social pelo SEAL - Sindicato Nacional dos Estivadores Trabalhadores do Tráfego, Conferentes Marítimos e Outros, na sequência de uma assembleia que este sindicato realizou, regista o facto de o SEAL não ter optado desta vez pelo recurso à greve para discussão dos diferendos que afirma ainda se manterem por solucionar.

A CPL - Comunidade Portuária de Lisboa, regista, também, como positivo, o facto do porto de Lisboa, desde o princípio deste ano, não ter sido objecto de nenhuma paralisação. Para a revitalização e crescimento do porto de Lisboa, há tanto desejados, é imprescindível um duradouro clima de paz social, dando estabilidade aos utilizadores do porto. Sem essa paz credível não será possível recuperar os clientes e o movimento entretanto perdidos.