Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Investimento de 150.000 euros para dragagem de manutenção no porto de Vila do Conde

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, presidiu esta segunda-feira à adjudicação da obra para a dragagem de manutenção no Porto de Vila do Conde.
A DGRM – Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos é a Entidade adjudicante e fiscalizadora desta obra, que envolve um investimento de 150.000 euros.

A empreitada contempla a dragagem de 25.000 m3, de sedimentos de constituição predominantemente arenosa, estabelecendo-se uma cota de dragagem de -2.5m ZH na zona da barra e canal do porto, e o seu transporte e imersão no meio marinho.

Esta obra envolve, ainda, o transporte dos materiais dragados e sua imersão em meio marinho, em zona localizada a cerca de uma milha náutica a sul da extremidade do molhe norte, sensivelmente entre as batimétricas -2m (ZH) e -5m (ZH).

A barra do porto de Vila do Conde encontra-se com um assoreamento bastante significativo, não permitindo a entrada normal das embarcações, e, consequentemente, colocando elevados constrangimentos ao normal funcionamento do porto de pesca. A dragagem de manutenção prevista permitirá repor as condições mínimas de navegabilidade neste porto.

A importância socioeconómica do porto de Vila do Conde é localmente relevante, possuindo 136 embarcações de pesca licenciadas, 1.858 pescadores matriculados e 125 toneladas de pescado descarregado, no valor de 263 milhares de euros.

A atividade de construção e reparação naval, designadamente de embarcações de pesca e de recreio em casco de madeira, aço, alumínio e fibra de vidro, é relevante na bacia de Azurara, existindo 4 estaleiros em atividade.

O núcleo de recreio do cais das Lavandeiras tem 35 postos de amarração.
Em condições normais, o período necessário para a execução dos trabalhos é de duas semanas.