Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Campanha oceanográfica EXPLOSEA2

Primeira parte concluída esta terça-feira

A primeira parte da campanha oceanográfica EXPLOSEA2, que procura explorar emissões de fluídos e mineralizações no fundo do mar, assim como os sistemas geológicos e biológicos associados, chega agora ao fim no Faial. Entre os dias 12 de junho e 2 de julho, no navio oceanográfico Sarmiento de Gamboa com o ROV Luso a bordo, foram percorridas aproximadamente 2500 milhas marítimas no Atlântico a norte do Arquipélago dos Açores.

De entre os dados recolhidos destacam-se as imagens e amostras obtidas no campo hidrotermal Moytirra à latitude 45ºN e próximo dos 3000 m de profundidade, onde ocorrem processos geológicos muito particulares. Este campo hidrotermal ativo é formado por chaminés que emitem fluidos a alta temperatura e que transportam para a superfície grandes quantidades de mentais sob a forma de sulfuretos.

Outros dados recolhidos são os dados de batimetria que nos mostram a morfologia e as estruturas do fundo do mar ao longo da crista médio-Atlântica e dados de sondas multiparamétricas de CTD que permitem identificar anomalias nos parâmetros físico-químicos da coluna de água, caso esta esteja afetada por processos hidrotermais.


A expedição, liderada pelo geólogo Luís Somoza, resulta de uma colaboração luso-espanhola, entre o Instituto Geológico e Mineiro de Espanha e a Estrutura de Missão para Extensão da Plataforma Continental, que permite juntar meios operacionais e equipas de técnicos e de investigação com resultados muito positivos.

A segunda parte da campanha começa já esta quarta-feira, 3 de julho, para recolher mais dados, agora mais próximo da região dos Açores, terminando em Vigo no dia 27 de julho.