Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

1 DE JUNHO

Espinho recebe Fórum Sem Espinhas

No dia 1 de Junho, decorrerá em Espinho a primeira edição do «Fórum Sem Espinhas», a segunda iniciativa do projecto Sem Espinhas 2019, promovido pela Câmara Municipal de Espinho (CME). O evento terá lugar entre o Museu FACE e a antiga lota de Espinho, com o objectivo de “valorizar os recursos patrimoniais e culturais da gastronomia da cidade e alavancar o território em termos turísticos”, refere a autarquia.

Além de debates sobre a sustentabilidade e o futuro do mar, que contará com a presença de António José Correia (Fórum Oceano), Rui Azevedo (Fórum Oceano), Isabel Tato (Associação Nacional dos Industriais de Conservas de Peixe), Adolfo Neira Lamas (consultor da Estrategia y Organización AS, Galiza) e Helena Cardoso (Docapesca), o programa contempla experiências gastronómicas, um mercado de produtos, showcookings com chefes nacionais prestigiados, street food e um bengaleiro de peixe (um bengaleiro situado na lota, onde “os participantes podem deixar o seu pescado para que, no decorrer do dia, mantenha a sua frescura e seja amanhado pelas mãos experientes de quem sabe”, esclarece a autarquia.

fonte