Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Venda de pescado em lota nos Açores

Gui Menezes: este «é um dos melhores anos de sempre»

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores, Gui Menezes, admitiu que 2018 é “um dos melhores anos de sempre” em vendas de pescado em lota e lembrou que este ano já se alcançaram 35 milhões de euros em primeira venda na região, mais 30% do que em 2017.

Falando na Assembleia Legislativa Regional no âmbito da discussão do Orçamento de Estado para 2019, Gui Menezes anunciou que o Executivo regional vai introduzir um Plano para a Valorização do Atum, formando armadores e pescadores para que a espécie seja vendida “em mercados de valor acrescentado, contribuindo, deste modo, para o aumento do rendimento do sector”.

Entre as “apostas firmes” do Governo regional para o sector das pescas em 2019, mencionou a monitorização contínua, o estudo dos recursos marinhos dos Açores, a recolha de dados, e ainda as obras de requalificação do Entreposto Frigorífico da Horta, do Porto do Topo (São Jorge), e do Núcleo de Pescas do Porto da Madalena (Pico). Recordou ainda que o Plano de 2019 para as Pescas e Aquacultura prevê um investimento de 31 milhões de euros, mais 13% do que em 2018.

fonte