Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Docapesca abre concurso para modernizar lota de Olhão

A Docapesca lançou um concurso público para a repavimentação do edifício da lota de Olhão, com o valor base de 200 mil euros e prazo de execução de 120 dias, no âmbito de um “conjunto de intervenções no porto de pesca de Olhão, que visam a reorganização e melhoria das condições de trabalho na área portuária”, enquadrada no “objectivo estratégico da Docapesca de modernização e beneficiação dos estabelecimentos de primeira venda de pescado e áreas adjacentes”, refere a empresa.

Segundo a Docapesca, “a intervenção contempla a repavimentação do espaço interior da lota, onde se realizam operações de recepção, acondicionamento e primeira venda de pescado fresco após desembarque, com um revestimento anti-derrapante com elevados níveis de resistência mecânica, durabilidade, continuidade e optimização nas operações de higienização”

Acrescenta a empresa que “no espaço exterior estão previstos trabalhos que compatibilizem as novas cotas dos pavimentos interiores com os portões e pavimentos exteriores” e que “todos os trabalhos serão executados sem que a actividade da lota seja interrompida”.

fonte