Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Que tendências seguem os cruzeiros europeus?

De acordo com o Cruise Industry News Annual Report 2018-2019, as grandes empresas de cruzeiro europeias, apesar de circularem pelo mundo, continuam a preferir a Europa, especialmente o Mediterrâneo, o norte da Europa e as Ilhas Canárias.

A MSC Cruzeiros, por exemplo, tem 47,9% da sua capacidade na Europa, em comparação com os 21,9% nas Caraíbas, ou os 10,7% na América do Sul. Líder europeia, a companhia continua com muito mercado na Europa, ainda que vá para outros locais, como o Dubai, principalmente no Inverno.

Os cruzeiros Costa, da Carnival Corporation, aumentaram, do ano passado para este ano, a sua percentagem de capacidade na Europa – de 41,3% para 45%, sendo a Ásia o segundo maior destino da empresa, com 39,1% da sua capacidade. Já a AIDA Cruises, com uma parcela ainda maior de presença na Europa, 64% de sua capacidade, dividida entre o norte da Europa e o Mediterrâneo, detém apenas 15,7% nas Ilhas Canárias.

A P&O Cruises, também da marca Carnival Corporation, tem 69,5% da sua capacidade na Europa, em detrimento dos 70% que detinha em 2017, 14,8% nas Caraíbas e 11,7% nas Ilhas Canárias.

fonte

VISITE OS RECURSOS DA APLOP (ASSOCIAÇÃO DOS PORTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA), NA WEB