Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Movimento de passageiros em Leixões cresce 38% no primeiro semestre do ano

No mesmo dia [23.07.2018]  em que o Terminal de Cruzeiros de Matosinhos assinala três anos, registando mais de 300 mil passageiros e 426 navios, é conhecido o balanço semestral do movimento de passageiros e cruzeiros em Leixões.

Entre janeiro e junho deste ano, passaram por este porto mais de 50 mil turistas, registando um incremento de 38% no primeiro semestre face a igual período do ano anterior.

“Hoje estamos de parabéns e é com grande entusiasmo que o afirmamos. Ao longo dos últimos três anos temos captado a atenção e o interesse das maiores companhias de cruzeiro mundiais. Temos sido uma das principais portas de entrada na região e temos renovado, ano após ano, o recorde de movimento de navios e passageiros.”, afirma a APDL - Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo.

Representando 81% do movimento de passageiros, o Terminal de Cruzeiros de Leixões continua a ser a principal porta de entrada de turistas na região Porto e Norte de Portugal, estimando-se que até ao final do ano passem por esta infraestrutura um total de 110 mil passageiros, renovando o recorde que ano após ano vem alcançando.

Já a Estação de Passageiros de Leça da Palmeira deverá fechar 2018 com um total de 45.757 turistas em trânsito, o que representará 19% do total do movimento de passageiros em Leixões previsto para todo o ano.

Dos 56.423 passageiros que nos primeiros meses do ano circularam por Leixões, 27% são ingleses, 14% alemães e 9% americanos, vindos a bordo de navios cada vez maiores.

Hoje, com o Terminal de Cruzeiros de Matosinhos, Leixões tem capacidade para receber a maior parte de navios da atual frota mundial até um limite de 300 metros, podendo, em casos excecionais, ser superior. Em setembro, por exemplo, este terminal vai receber a escala do novíssimo Mein Schiff 1, da Tui Cruises, que tem um comprimento de 315 metros.

“Fruto de uma belíssima coincidência, esta segunda-feira, no dia em que o Terminal de Cruzeiros de Matosinhos assinala três anos, vamos abrir as portas ao mesmo navio que, há três anos, chegou a Leixões para inaugurar este terminal”, avança APDL.

Chama-se Ventura, pertence à companhia inglesa Carnival Corporation & PLC, é operado pela P&O Cruises, tem 291 metros de comprimento, 116 mil toneladas de arqueação bruta, e capacidade máxima para 3 597 passageiros e 1 230 tripulantes.

É um dos maiores navios de cruzeiro a navegar pelo Continente Europeu e hoje chega a Leixões, pelas 8 horas com 3.400 passageiros e 1.200 tripulantes.

Também no movimento de cruzeiros Leixões cresceu a dois dígitos entre janeiro e junho deste ano, tendo recebido mais de meia centena de navios, o que representa um incremento de 16% face ao mesmo período do ano anterior.

Em 2018, o Porto de Leixões prevê o melhor resultado de sempre na atividade de cruzeiros, estimando fechar o ano com 105 escalas registadas e cerca de 110 mil passageiros. Estes números representam um aumento, face ao ano anterior, de 5% em navios e de 15% em passageiros, e representarão um gasto estimado de cerca de 8 milhões de euros na oferta turística da região.

Recorde-se que o Terminal de Cruzeiros foi inaugurado há precisamente três anos, a 23 de julho de 2015, e que desde então já passaram por esta infraestrutura mais de 302.849 passageiros e 426 navios, num crescimento de 39% e 23%, respetivamente.

Corporizando um dos investimentos mais significativos da APDL, o novo terminal teve como objetivo preparar Leixões para receber navios de maior dimensão e possibilitar operações de “turnaround”, ou seja, de início e fim de viagem.

VISITE OS RECURSOS DA APLOP (ASSOCIAÇÃO DOS PORTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA), NA WEB