Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Carapau é Boa Onda!

O carapau tem um corpo esguio e fusiforme e apresenta uma cor prateada-azulada.
A presença ao longo do corpo, próximo da linha média, de uma faixa de escamas especiais em forma de serrilha é uma das características desta espécie.
O carapau distribui-se por toda a costa portuguesa e é capturado não só por traineiras e rapas, mas também por arrastões.

Tanto o carapau pequeno como o chicharro de grandes dimensões pertencem à mesma espécie. O tamanho médio situa-se ao redor de 20 cm, mas o tamanho mínimo legal de captura é de 15 cm.
Na costa portuguesa são capturadas duas espécies, o carapau branco e o carapau negrão, mas a grande apetência dos consumidores vai para o carapau branco.

É desembarcado muito fresco o que se reconhece pelos olhos muito vivos e salientes e pela cor brilhante da pele.
É fácil de amanhar, embora para algumas preparações culinárias seja indispensável escamar e retirar a serrilha.

É muito apreciado na gastronomia nacional e o seu consumo é preferencial nos meses de Verão. Muito frequentemente é frito e acompanhado com arroz de tomate ou grelhado e temperado com azeite ou molho à espanhola. Para além dos carapaus “alimados”, típicos no Algarve, encontram-se outras receitas para o cozinhar como carapaus aperaltados e panados.

Apresenta elevado teor de proteína e de ácidos gordos da série ómega 3 bem como baixos valores de colesterol.

Informação Espécie
Carapau (Trachurus trachurus)
Arte de Pesca: Cerco, Arrasto


Fonte: IPMA, I.P. e Docapesca












Artigos relacionados:

  • Ministério do Mar quer incentivar consumo da espécie