Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

Jovens voluntários abrem Faróis de Santa Maria e Alfanzina no verão

A ideia é simples: abrir o Farol de Santa Maria, na ilha da Culatra, e o Farol de Alfanzina, em Lagoa, a visitas durante toda a semana, até 31 de agosto, entre as 14h30 e as 18h30, com o apoio de jovens voluntários ao abrigo do programa ocupação dos tempos livres do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

A Autoridade Marítima Nacional autoriza, sendo que as autarquias de Faro e Lagoa, respetivamente, dão apoio logístico e asseguram o transporte dos participantes. Cativar os jovens para o trabalho e divulgar a iniciativa caberá à Associação de Designers do Sul e ao Lagoa Atlético Clube. O protocolo entre todas estas entidades foi assinado na terça-feira, 3 de julho, no Departamento Marítimo do Sul, em Faro.

Em condições operacionais, com os faroleiros de serviço, apenas é viável à guarnição realizar a abertura ao público à quarta-feira durante a tarde, o mesmo se passando com todos os faróis do país com guarnição permanente. No entanto, depois de uma primeira experiência bem sucedida no ano passado, que juntou a Direção-Geral da Autoridade Marítima (DGAM), o IPDJ, a Câmara Municipal de Faro e a Associação Igualmente diferentes, e que envolveu 14 jovens, «conseguiu-se que o Farol de Santa Maria estivesse aberto todas as tardes de julho e agosto, sendo de assinalar que nestes dois meses visitaram a infraestrutura 5519 pessoas. No período homólogo de 2016, durante o qual o farol abriu um dia por semana, foi visitado por 1600 pessoas. Ou seja, com este projeto tivemos um acréscimo de 3900 visitas, o que corresponde a 3,5 vezes mais», contabilizou Nuno Filipe Cortes Lopes, Capitão do Porto de Faro e Comandante da Zona Marítima do Sul.

«Este ano fomos um pouco mais ambiciosos, mas também prudentes, de forma a caminharmos com passos seguros. Além de mantermos esta excelente parceria para abrir novamente o Farol de Santa Maria a visitas durante todas as tardes de julho e agosto, vamos também iniciar o projeto em mais um dos seis faróis do Algarve, o de Alfanzina, que se situa no Carvoeiro», acrescentou ainda Nuno Cortes Lopes. A abertura só não se realiza à segunda-feira.

Há 30 faróis no continente, seis dos quais no Algarve «que são infraestruturas emblemáticas. Têm como missão principal o assinalamento marítimo e o auxilio à navegação, tendo em vista a segurança marítima. Porém, é inquestionável seu interesse cultural e arquitetónico, pelo que a DGAM tem todo o gosto e orgulho em os poder mostrar a quem os queira visitar. Além disso, com esta iniciativa, fomenta-se não só o gosto e conhecimento pelos faróis e pelo mar, como se divulga e promove o voluntariado jovem geral e cultural, o que é extremamente importante para a sociedade», considerou ainda o chefe do Departamento Marítimo do Sul.

A assinatura do protocolo foi presidida pelo Vice-Almirante Sousa Pereira, diretor geral da Autoridade Marítima Nacional, e contou com a presença de Freitas Artilheiro, diretor de faróis, Custódio Moreno, diretor regional do IPDJ, Luís Encarnação, vice-presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Sophie Matias, vereadora da Câmara Municipal de Faro, Paulo de Oliveira Serra, presidente do Lagoa Académico Clube e Bruno Boto, presidente da Associação de Designers do Sul.

fonte