Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

Seatrade Cruise Med é «oportunidade para Portugal mostrar o seu potencial nesta indústria»

19 e 20 de Setembro são os dois dias em que se vai realizar pela primeira vez em Portugal o Seatrade Cruise Med 2018, o segundo maior evento internacional na indústria de cruzeiros.

Nestes dois dias, no âmbito do programa da Portugal Shipping Week, que acontece de 17 a 22 de Setembro, a cidade de Lisboa vai receber este evento que vai ser composto por uma exposição/feira, conferências e um vasto programa de networking. Até ao momento, estão confirmadas as participações de 29 dos 150 executivos esperados, que representam operadores de navios de cruzeiro, nomeadamente da AIDA Cruises, Azamara, Carnival UK; Disney Cruise Line, MSC Cruzeiros; a portuguesa Mystic Cruises; Norwegian Cruise Line; Royal Caribbean International; Sea Cloud Cruise Line; Silversea; Tui e Viking Ocean Cruises.

Lídia Sequeira, Presidente do Conselho de Administração do Porto de Lisboa, em conferência de imprensa, destacou que esta é uma oportunidade de mostrar ao mercado o potencial do nosso País” nesta área, mas também das empresas portuguesas da área mostrarem-se ao mercado. “Temos a oportunidade de mostrar o novo terminal de cruzeiros, desenhado pelo arquitecto Carrilho da Graça, aos principais ‘decision makers’ da indústria de cruzeiros”, sublinhou.

A escolha de Lisboa para receber aquela que é a 12ª edição do Seatrade Cruise Med, que nos últimos anos tem acontecido em Barcelona e Tenerife, foi “especialmente fácil”, referiu Emma Howell, global marketing manager da Seatrade, desde a sua localização geográfica, ao facto de ser “um destino excitante”, das várias ligações aéreas a mercados como os Estados Unidos da América, entre outros. A responsável inglesa destacou que esta é “a altura certa para Lisboa receber a Seatrade Cruise Med”, sustentando que é de facto uma oportunidade para as companhias de cruzeiros ficarem a conhecer o Terminal de Cruzeiros de Lisboa e o que o País tem para oferecer nesta área.

Esta é também uma oportunidade não só para as empresas portuguesas no sector de cruzeiros, como a a Mystic Cruises, mas também dos estaleiros regionais, como o WestSea, em Viana do Castelo, ou a West Sea – Estaleiros Navais, Lda, a Naval Rocha SA e o Arsenal do Alfeite, SA.

Durante a Seatrade Cruise Med vão ser abordados temas da actual dinâmica da indústria, como a entrega de 100 novos navios até 2027, num investimento de 57,3 mil milhões de dólares.

Na Seatrade Cruise Med são esperadas as mais variadas entidades, como os portos e destinos, as autoridades de Turismo, as associações de cruzeiros, operadores turísticos, agentes de viagens, agentes de navegação, hotéis, fornecedores em geral e específicos.

Com realização de dois em dois anos, a Seatrade Cruise Med 2018 vai ser acolhido pela Administração do Porto de Lisboa e apoiado pela CLIA – Cruise Lines International Association e Associação MedCruise, da qual o Porto de Lisboa é membro desde 2000 e que é o principal patrocinador e apoiante.

fonte