Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Megaiates páram cada vez mais na Madeira

De janeiro a abril deste ano, o Porto do Funchal recebeu 21 super ou mega iates, mas a grande concentração foi em abril, a 12, quando chegaram a estar em porto, seis megaiates, o que foi inédito.

A APRAM tem vindo a apostar neste mercado, com a participação nas maiores mostras mundiais do sector, contactando com os agentes de iates, divulgando o que a Madeira tem para oferecer a este tipo de clientes.

O mundo dos iates é considerado como a atividade de lazer mais luxuosa, inventada pelo homem, e é um sector económico em pleno crescimento.

Em Ibiza por exemplo, o custo diário de acostagem de um megaiate é de 3,5 euros por metro quadrado, o que significa que em alguns casos, pode chegar a 3 000 euros por dia ou mais. E esta não é a marina mais cara do Mediterrâneo!

Tradicionalmente, os megaiates param na Madeira nas travessias transatlânticas, quando vão ou quando vêm dos Estados Unidos ou das Caraíbas. Fazem-no para descanso das tripulações, abastecimento ou turismo.

De 1 de janeiro de 2017 até dia 9 de maio, o AIS da estação de pilotagem da APRAM registou a passagem de mais de uma centena de iates ao largo da Madeira.