Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Via navegável do Douro chega ao máximo histórico de 1,2 milhões de turistas

A via navegável do Douro atingiu um máximo histórico no transporte de passageiros de 1,2 milhões turistas em 2017, nas embarcações que atravessam o rio. Os dados apresentados pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) revelam uma subida de 35% em relação a 2016, excedendo as expetativas que apontavam para um milhão de turistas no final de 2017.

Em 2015, a gestão da via navegável do Douro passou para a APDL e o transporte de passageiros neste canal viu um aumento de 78%, ou seja mais de 560 mil turistas. No que diz respeito ao transporte de mercadorias verificaram-se em 2017 a movimentação de 52 mil toneladas de carga, uma subida de 66% comparando com 2016, sendo o granito a principal mercadoria a ser transportada.

“Vamos continuar a trabalhar para que seja possível estarmos na mira de novos operadores e aumentarmos o número de embarcações que, todos os anos, percorrem o rio Douro. Só assim conseguiremos potenciar o tráfego de passageiros marítimo-fluvial, que se espera que em 2019 ultrapasse a barreira dos 1,3 milhões”, afirma a APDL.

Em curso está também o projeto Douro Inland Waterway 2020, com um orçamento de 76,3 milhões de euros, que pretende entre outros melhorar as condições de segurança e os sistemas de comunicação e de informação. A terceira fase deste projeto no valor de 58 milhões de euros encontra-se dependente da obtenção de financiamento.

A via navegável do Douro vai desde a Barca de Alva até ao Porto e atrai cada vez mais turistas que optam por viajar em pequenas embarcações, cruzeiros de um dia, barcos-hotéis, ou por programas que vão desde uma hora até uma semana.

fonte