Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

MSC melhora ligações entre a Índia e o Porto de Sines

A Mediterranean Shipping Company (MSC) anunciou melhorias nos seus serviços que ligam o Norte e Oeste da Índia à Europa, já a partir de Abril. E um desses serviços escala o Terminal XXI do Porto de Sines.

Em comunicado, a MSC referiu que com as modificações que está a fazer na rota entre a Índia e a Europa passará a oferecer três saídas semanais dos portos de Nhava Sheva e Mundra, ambos no país asiático, com destino ao continente europeu.

Porto de Sines ligado à Índia no serviço “HIMALAYA”

Os três serviços em questão – “IPAK”, “HIMALAYA” e “IPAK 2” – escalarão uma série de portos europeus, entre os quais o Porto de Sines. O Terminal XXI do porto português é escalado pelo serviço “HIMALAYA”, que terá a partir de Abril a seguinte rotação: Colombo-Nhava Sheva-Mundra-King Abdullah-Pireu-Barcelona-Felixstowe-Roterdão-Hamburgo-Antuérpia-Sines.

O IPAK terá a seguinte rotação: Nhava Sheva-Hazira-Mundra-King Abdullah-Gioia Tauro-Southampton-Roterdão-Antuérpia-Dunkerque-Felixstowe-Le Havre-King Abdullah-Djibouti-Porto Qasim. Já o IPAK 2 fará escalas em Jebel Ali- Karachi- Nhava Sheva- Mundra- Jeddah- Tânger Med- Roterdão- Hamburgo- London Gateway- Antuérpia- Le Havre- Tânger Med- Jeddah.

fonte