Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Sines garante financiamento de 15 milhões do BEI

O Porto de Sines já garantiu um financiamento de 15 milhões de euros do Banco Europeu de Investimento (BEI) para realizar as obras que vão permitir a expansão do terminal de contentores, revela o "Diário Económico". No total, o projecto está avaliado em 205 milhões de euros.

A APS - Administração dos Portos de Sines e Algarve já assegurou um financiamento de 15 milhões de euros junto do BEI, noticia o "Diário Económico" esta terça-feira, 3 de Junho. Esta linha corresponde a um quinto do valor de 75 milhões de euros que a APS vai ter que investir nas obras de expansão do terminal de contentores de Sines.

No total, as obras de expansão desta plataforma vão exigir um investimento de 205 milhões de euros, dos quais 130 milhões serão assegurados pela PSA, a concessionária de Singapura que explora o Terminal XXI.

"A APS está em condições de garantir o financiamento necessário para as suas responsabilidades, de acordo com informações públicas", adiantou João Franco, presidente da APS, ao jornal.

Os 75 milhões de euros que a Administração do Porto de Sines vai investir destinam-se maioritariamente à extensão do molhe, (65 milhões), enquanto os restantes 10 milhões serão aplicados na regularização dos fundos, obra obrigatória para que Sines possa receber navios porta-contentores de maior dimensão.

fonte