Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Linha regular «Mediterranean Pacific Service (MPS)» regressa a Lisboa

O Porto de Lisboa congratula-se com o regresso da linha regular MPS a qual é de interesse estratégico e havia sido descontinuada em consequência das greves que assolaram o bom funcionamento do porto.
Este serviço resulta de uma joint-venture da Hamburg Sud e da Hapag Lloyd, sendo constituído no seu total por 11 navios, nove deles da Hapag Lloyd e os dois restantes da Hamburg Sud.

Esta linha regular é agenciada pela Garland Navegação e HAPAG-LLOYD Portugal, Lda, e tem escala semanal no Terminal de Contentores de Alcântara concessionado ao operador LISCONT.
A linha permite melhores ligações para vários destinos diretos na exportação, a partir de Lisboa, como sejam, Tanger Med, Valência, Cagliari, Livorno, Génova e For-sur-mer. Ainda através de Valencia e Cagliari, permite chegar a outros destinos como Far East, USA, Canadá, México, Middle East e Mediterâneo.

Na importação, permite uma rápida ligação aos mercados da costa Oeste dos EUA, México e das Caraíbas, criando boas opções para ligações à costa Oeste da América Latina via Canal do Panamá.
O retorno desta nova linha confirma o porto de Lisboa como uma referência para os principais armadores mundiais.