Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

APL participa no I Congresso de Turismo do Concelho de Almada

Realizou-se no dia 20 de Fevereiro o “Almada entre Mares”, o I Congresso de Turismo do concelho de Almada, que decorreu no Hotel Costa da Caparica. Foi organizado pela Almar, uma associação cívica plural e apartidária sem fins lucrativos, empenhada no desenvolvimento do concelho.

O “Almada entre Mares” surge da concentração de esforços de várias instituições e investidores, reunindo convidados ligados a atividades diversas com interação com o concelho, entre as quais a APL, representada pela Divisão de Desporto e Náutica. O evento apresentou-se como um espaço de discussão de temas que procuram desenvolver o setor do turismo no concelho, estabelecendo pontes entre o PEVDTCA (Plano Estratégico de Valorização e Desenvolvimento do Turismo do Concelho de Almada) e os atores associados à fileira do turismo em geral.
Em debate esteve também o tema do turismo desportivo e náutico, onde a APL tem um papel preponderante, não apenas no concelho de Almada, mas em toda a sua área de jurisdição. É reconhecida a importância de acolher eventos náuticos nacionais e internacionais que promovam o estuário do Tejo como local de excelência para as práticas desportivas.

Neste I Congresso, conclui-se ainda que há muito a fazer, sobretudo ao nível da requalificação e reabilitação urbana, mas uma das conclusões fundamentais foi a necessidade de se criar um ponto de acostagem na área ribeirinha de Almada, o qual permitirá o desembarque de turistas e potenciar a atividade marítimo-turística.

A APL mostrou toda a disponibilidade para colaborar de forma consultiva nas propostas colocadas em cima da mesa, as quais permitirão dinamizar zonas como a Cova do Vapor, Porto Brandão, Trafaria, Cais do Ginjal e Margueira.

É fundamental perspetivar a atividade náutica no estuário do Tejo de forma integrada, sendo importante a proximidade da APL junto dos diversos agentes para que se potenciem sinergias que permitam o desenvolvimento da náutica de recreio.

A Almar merece um especial elogio pela iniciativa de organizar um evento que conseguiu reunir um importante tecido empresarial do concelho, assim como as entidades competentes relativamente à intervenção turística, direta e indireta, na área de Almada.

A náutica de recreio é uma atividade cuja prática foi sempre promovida e incentivada pela APL, beneficiando do facto de o porto de Lisboa ser um verdadeiro porto de abrigo, protegido do vento e da ondulação, o que permite acolher todo o tipo de embarcações durante todo o ano.