Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Terminal de contentores de Sines com crescimento de 70% em 2013

O terminal de contentores de Sines deverá terminar 2013 com um crescimento de cerca de 70% face ao ano passado, colocando o porto alentejano entre os cinco maiores da península Ibérica, revela a administração portuária.

A nível internacional, o segmento de carga contentorizada cresce anualmente, em média, 6%, enquanto em Sines o crescimento deverá situar-se, no final deste ano, perto dos 70%, explicou o presidente da Administração do Porto de Sines (APS), João Franco (na foto).

"É um crescimento simpático, é o mínimo que se pode dizer", referiu o responsável durante um encontro de balanço de atividade com jornalistas, realizado hoje em Sines, embora admitindo que tal "era imprevisível". Estes resultados permitem que a infraestrutura do litoral alentejano se posicione como quinto maior porto ibérico, muito próximo de Las Palmas e a aproximar-se de Barcelona, estando Algeciras e Valência mais afastados (os quatro na vizinha Espanha).

"No final da década queremos estar entre os três maiores da península Ibérica, em resultado do aumento do terminal de contentores", afirmou João Franco.

No entanto, o presidente da APS salientou que, no próximo ano, "não vai ser assim", sendo esperado um crescimento máximo de 10% na movimentação de contentores, o que já será motivo para "lançar foguetes".

A expectativa deve-se às obras de ampliação do cais do Terminal XXI em 210 metros, cujo início está previsto para janeiro.

Enquanto a intervenção não terminar, o que só irá acontecer no último trimestre do ano, "não há espaço" para o terminal de contentores crescer mais, porque a capacidade de movimentação anual continuará a ser de 1,1 milhões de TEU (unidade equivalente a um contentor de 20 pés).

Em 2015, "as perspetivas são completamente diferentes", indicou João Franco, pois o cais já terá uma extensão de 940 metros e capacidade para 1,7 milhões de TEU.

Segundo as estimativas apresentadas, no geral, o crescimento do porto de Sines deverá situar-se nos 26% em relação a 2012, com uma movimentação de 36 mil toneladas de carga.

O volume de negócios deverá atingir os 36 milhões de euros, com 11,8 milhões de euros de resultado líquido e sem endividamento da APS.

No próximo ano, João Franco espera ainda que fique definido se a PSA Sines, concessionária do Terminal XXI, poderá ampliar o cais em mais 290 metros, ficando com capacidade para mais de dois milhões de TEU.

A concretização da obra está dependente de decisão do Governo, que poderá ser conhecida, de acordo com o presidente da APS, até ao final de março.

Havendo "luz verde" do Governo, os trabalhos poderão ter início em 2015, envolvendo um investimento de mais de 90 milhões de euros da PSA Sines e perto de 50 milhões de euros da APS (para mais uma ampliação do molhe leste).

A APS irá também investir cerca de 400 mil euros, em 2014, na construção de um armazém na Zona de Atividades Logísticas (ZAL) do porto, para arrendar a empresas que pretendam ter aí um espaço, uma vez que, até agora, apenas a Sitank (agência de navegação) construiu as suas próprias instalações nessa zona.

Lusa

VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS