Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

COM AUMENTO DE QUASE 100% EM AGOSTO

Britânicos retomam cruzeiros por Lisboa

O Porto de Lisboa teve em Agosto o maior aumento deste ano em passageiros cruzeiros com origem no Reino Unido, com um incremento em 94,8% ou 16.259, com o qual não só anulou a queda do conjunto dos restantes mercados internacionais em 30,8%, como ainda permitiu um aumento do total do mês.

Em Agosto, de acordo com dados da APL, o Reino Unido atingiu 71,7% do total de passageiros de cruzeiros, com 33.417, 'deixando' 24,6% para os restantes mercados internacionais e 3,7% para os portugueses que, no entanto, foram neste mês a segunda nacionalidade que mais cresceu, com um aumento em 734,8% ou 1.499, para 1.703.

Tradicionalmente o Reino Unido é o maior emissor em passageiros de cruzeiros em Lisboa, tendo representado 46,5% do total do ano de 2012, mas a expressão que atingiu em Agosto, com um aumento de 21,1 pontos face ao mês homólogo de 2012 deve-se tanto ao seu forte aumento, como a decréscimos acentuados das outras nacionalidades com mais peso, como Itália, que baixou 7,2 pontos, para 7,9%, Estados Unidos, que baixou 6,3 pontos, para 5,7%, e Alemanha, que baixou 5,3 pontos, para 5,6%.

Os dados da APL mostram que ao contrário do que aconteceu no primeiro semestre, em que foram essas 'nacionalidades' que estiveram em crescimento, em Agosto tivera baixas acentuadas, de 28,3% ou 1.415 no caso dos italianos, para 3.685, de 34,6% ou 1.415 no caso dos norte-americanos e de 29,1% ou 1.077 no caso dos alemães.

Ainda assim, no conjunto dos primeiros oito meses deste ano, os italianos mantêm-se a nacionalidade que tem o maior aumento em passageiros de cruzeiros em Lisboa, com mais 5.301 (+19,9%, para 31.987) que há um ano, seguidos pelos norte-americanos, com mais 4.164 (+14,1%, para 33.728), e pelos franceses, com mais 4.126 (+61,6%, para 10.822), enquanto os britânicos têm um aumento de apenas 282 (+0,2%, para 134.603), apenas melhor, no Top10, que os canadianos (-32,2% ou menos 1.525, para 3.215) e, sobretudo, que os alemães (-12% ou menos 6.580, para 48.367).

Ainda assim, o Porto de Lisboa acumula nestes oito meses um aumento do número de passageiros estrangeiros em 1,9% ou 5.523, para 293.705, a que se soma um aumento em 61,8% ou 1.829 portugueses, para 4.516.

Os britânicos, que apesar das quedas sempre se mantiveram como a primeira nacionalidade em cruzeiros no Porto de Lisboa, somam 45,1% do total nestes oito meses, em queda de um ponto em relação ao período homólogo de 2012, seguidos pelos alemães, com 16,2%, em queda de 2,7 pontos, norte-americanos, com 11,3%, em alta de 1,1 pontos, e italianos, com 10,7%, em alta de 1,6 pontos.

Ainda em alta estão as participações de franceses, em 1,3 pontos, para 3,6%, portugueses, em 0,6 pontos, para 1,6%, de holandeses, em 0,3 pontos, para 1,5%, de brasileiros, em 0,2 pontos, para 1,3%, e de espanhóis, em 0,3 pontos, para 0,6%.

Em baixa estão o Canadá (-0,6 pontos, para 1,1%) e o conjunto das restantes nacionalidade (-1,2 pontos, para 6,7%).

Os dados da APL indicam que nestes oito meses sete das dez maiores entre os passageiros de cruzeiros em Lisboa têm aumentos a dois dígitos, acima de 60% no caso dos portugueses (+61,8%, para 4.789) e franceses (+61,6%, para 10.822), seguindo-se os espanhóis (+53,3%, para 2.830), os holandeses (+32,8%, para 4.516), os italianos (+19,9%, para 31.987), os brasileiros (+18,8%, para 3.736) e os norte-americanos (+14,1%, para 33.728).

Ficam de fora os britânicos, cujo aumento é em 0,2%, para 134.603, alemães e canadianos, que têm quedas, respectivamente em 12%, para 48.367, e em 32,2%, para 3.215, tal como o conjunto das nacionalidades não especificadas, que têm um decréscimo de 12,9%, para 19.901 (6,7% do total, menos 1,2 pontos que no período homólogo de 2012).

fonte

FOTO: LUÍS MIGUEL CORREIA