Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Campanha para consumo da cavala rendeu mais 2ME aos pescadores

A campanha para levar mais portugueses a consumir cavala permitiu que os pescadores recebessem mais dois milhões de euros no ano passado e aumentou em 22,8% os quilos deste peixe vendidos nas lotas, informa a Docapesca.

“Em lota vendemos mais dois milhões de euros de cavala, foram dois milhões de euros que foram para os pescadores, para a frota de pesca”, destacou Ana Paula Queiroga, diretora comercial e de marketing da Docapesca.

A responsável destacou que a campanha visou mostrar aos consumidores que, “num tempo difícil como o que Portugal atravessa, a cavala é uma hipótese alternativa, rica nutricionalmente, que permite fazer uma boa refeição familiar barata”.

“É muito abundante na costa portuguesa. É, segundo estudos científicos, muito rica nutricionalmente, nomeadamente em ómega 3, não tem restrições de pesca até ao momento e é muito pouco valorizada comercialmente”, disse, salientando que o quilo de cavala na lota ronda apenas os 30 cêntimos por quilo.

Os números avançados pela Docapesca indicam ainda que foram transacionados no ano passado mais 22,8% de quantidade (quilos) deste pescado e que o valor das transações e do rendimento do pescador aumentou 20%.

Também no setor conserveiro, houve uma evolução de 21,7% das conservas de cavala.

“A cavala tem um grande potencial de exportação através do crescimento da indústria de conservas e a campanha de 2012 teve esses resultados. Foi crescente a exportação de filetes de cavala em azeite e o interesse de algumas fábricas que não produziam e que passaram a produzir e a cavala filetada congelada mostrou-se também um bom produto para exportação”, acrescentou Ana Paula Queiroga.

fonte

TEJO VIGNETTE - GALERIA DE 120 FOTOS