Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Candidaturas ao programa PROMAR terminam esta sexta-feira

Terminam esta sexta-feira, dia 31 de Maio, as candidaturas ao programa PROMAR – Eixo 4 – Desenvolvimento Sustentável das Zonas de Pesca.

O PROMAR apoia investimentos para o desenvolvimento sustentável das zonas de pesca e melhoria da qualidade de vida das comunidades piscatórias, através de ações que visem o reforço da competitividade das zonas de pesca e valorização dos produtos, a diversificação e reestruturação das atividades económicas e sociais e promoção e valorização da qualidade do ambiente costeiro e das comunidades.

A dinamização do programa surge no âmbito da constituição do Grupo de Ação Costeira Além Tejo – GAC Além Tejo, sendo a área de intervenção as freguesias do Litoral Alentejano e da Península de Setúbal.

Os promotores interessados e com intenções de investimento deverão contactar a ADL, através do telefone 269827233 ou a sua delegação em Santiago do Cacém.

fonte