Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

CIMEIRA IBÉRICA

Espanha e Portugal querem acordo de pescas revisto em vigor a 1 de Janeiro

Portugal e Espanha vão impulsionar os trabalhos de revisão do acordo de pescas para que possa entrar em vigor no próximo dia 1 de janeiro, segundo o texto da Declaração Final da XXVI Cimeira Luso-Espanhola, aprovado dia 14 em Madrid.

“Em matéria de pesca, ambos os países comprovam com satisfação o bom desenvolvimento do Acordo sobre as condições de exercício da atividade das frotas portuguesa e espanhola nas águas de ambos os países”, refere o documento.

“Espanha e Portugal impulsionarão os trabalhos de revisão do acordo, com o objetivo de que possa entrar em vigor a 1 de janeiro de 2014″, sublinha.

O tema das pescas já tinha figurado nos debates da XXV Cimeira, que decorreu na cidade do Porto, de onde saiu um “acordo para o exercício da atividade da frota de pesca artesanal da Madeira e Canárias”.

Cinco acordos acompanham o texto da declaração final da cimeira de hoje, a segunda entre os atuais dois chefes de Governo, Pedro Passos Coelho e Mariano Rajoy.

fonte