Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE LISBOA

França é o mercado que mais cresce em passageiros de cruzeiros

O mercado francês foi o que mais cresceu em cruzeiros no Porto de Lisboa no primeiro quadrimestre deste ano, com um aumento em 2.036,8% ou 8.188, para 8.590, com o qual passou de 0,3% dos passageiros estrangeiros em 2012 para 6,3% este ano, o que lhe dá a 5ª posição, de acordo com dados da APL - Administração do Porto de Lisboa recolhidos pelo PressTUR.

O maior mercado emissor mantém-se o Reino Unido, com 49.135 (36,2% do total de estrangeiros), que simultaneamente é o que tem a maior queda, em 20,5% ou 12.681, apesar da recuperação em Abril, mês em que teve um aumento de 48,2% ou 10.887.
Os dados da APL mostram que depois do Reino Unido vem a Alemanha, com 30.620 passageiros (22,6% do total de estrangeiros), Itália, com 15.346 (11,3%), e EUA, com 14.923 (11%).

Depois de França, na 5ª posição, vêm a Holanda, com 3.455 (2,5%), o Brasil, com 3.098 (2,3%), Espanha, com 1.874 (1,4%), Canadá, com 1.716 (1,3%), e Portugal, com 901 (0,7% do total de passageiros).

Outras nacionalidades não especificadas somam 6.903, o que equivale a 5,1% do total de estrangeiros.
Em relação ao primeiro quadrimestre de 2012, além da queda do maior mercado emissor, o Reino Unido, o Porto de Lisboa contabiliza também uma queda do segundo maior emissor, a Alemanha (88.104 em 2012, representando 17,1% do total de estrangeiros), com -11,9% ou menos 4.134 passageiros.

Ainda em queda estão o conjunto das nacionalidades não especificadas, com -16,5% ou menos 1.363, Portugal, com -52,4% ou menos 990, e Canadá, com -33,5% ou menos 865.

A compensar estas quedas, com crescimentos em relação ao primeiro quadrimestre de 2012, depois de França vêm os EUA (4º emissor em 2012, com 51.024, representando 9,9% dos estrangeiros), com +42,5% ou mais 4.452, a Holanda, com +225% ou mais 2.392, Espanha, com +327,9% ou mais 1.436, Itália (3º emissor em 2012, com 57.690, representando 11% do total de estrangeiros), com +8,9% ou mais 1.260, e Brasil, com +5,7% ou mais 167.
 

TEJO VIGNETTE - GALERIA DE 120 FOTOS