Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

APDL prepara parceiros para introdução da JUP II

A Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL) promoveu, dia 5 de março, uma reunião com agentes económicos e parceiros tendo em vista o planeamento para a atualização do seu sistema atualmente em vigor (PCOM) e que dá corpo ao conceito da JUP, Janela Única Portuária. Este conceito surge no âmbito do Projeto PIPe, modelo de referência nacional para a harmonização de procedimentos a nível dos Portos Nacionais.

Começou por ser feita uma retrospetiva histórica da evolução deste sistema, desde o GCP (outubro 1999), passando pelo SCOPe (novembro 2002), evoluindo para o PCOM (março 2003), com integração com a DGAIEC (2006), ligação ao SDS (2008) e à Capitania (em 2009) e agora JUP II (abril 2013).

Assim, e no seguimento de um Projeto e iniciativa do porto de Sines, o porto de Leixões vai atualizar a sua plataforma para a mesma versão, a JUP II. É previsível que se siga futuramente o porto de Lisboa e desta forma os três principais Portos nacionais fiquem com a mesma versão da plataforma em Produção e permita perspetivar-se no futuro, o paradigma JUL, Janela Única Logística, que prevê integrar ainda mais entidades que integram a cadeia logística.

Na realidade o âmbito funcional desta nova plataforma, JUP II, mantém-se praticamente inalterado e apenas com algumas melhorias pontuais em casos muito específicos, sendo no entanto melhorado substancialmente o suporte tecnológico da plataforma e minorizadas algumas dependências de versões e plug-in’s de browsers que a actual versão ainda exige. Para a maioria dos utilizadores as funcionalidades disponíveis serão as mesmas, mas a usabilidade e apresentação da aplicação será bastante diferente, para melhor, através do conceito de “webpages” versus o conceito de formulários e applets da versão actual. Por outro os utilizadores terão informação mais contextualizada das operações já executadas e das que se prevêem fazer relativamente aos processos em curso.

A APDL prevê vir a dar formação a este nível a todos os agentes de navegação e restantes entidades e irá anunciar em breve a data de transição entre o actual sistema e o que será adoptado. São disponibilizados tutoriais online e um ambiente de testes para que cada entidade tenha tempo de se preparar para a adoção deste novo Sistema.

fonte