Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ATLANTIC FORUM – CORK CONFERENCE

Associação Oceano XXI marcou presença

O Presidente da Associação Oceano XXI (entidade gestora do Cluster do Mar), Ribau Esteves, participou nos dias 4 e 5 de Março em Cork – Irlanda, na conferência do Fórum do Atlântico, promovida pela Comissão Europeia, em que foi apresentado o Plano de Ação da Estratégia do Atlântico.

A elaboração do Plano de Ação beneficiou de um conjunto de contributos apresentados durante o período de discussão pública, a Oceano XXI dinamizou, neste contexto, com a colaboração de associados e de outros Clusters marítimos europeus, um documento com um conjunto de propostas sobre áreas de investimento e tipo de projetos a desenvolver para a operacionalização de cada uma das linhas de orientação da estratégia.

A conferência integrou workshops e momentos de debate sobre Investigação e Desenvolvimento para o Atlântico e sua aplicação às temáticas da diminuição da pegada de carbono, da exploração dos recursos do solo e sub-solos marinho, da abordagem ecossistémica e sobre os Portos Atlânticos e as redes Trans-europeias, domínios considerados cruciais do ponto de vista da estratégia do Atlântico.

A participação da Oceano XXI neste importante encontro foi também aproveitada para reforçar as relações institucionais entre os vários Clusters do Mar presentes no evento potenciando, otimizando e fortalecendo a sua dimensão internacional. Neste contexto a Oceano XXI integrou uma rede de clusters atlânticos denominada E-CASI com os Clusters de Portugal, Espanha, França, Reino Unido e Irlanda, cujo principal objetivo é o de criar condições para a implementação do Programa de Ação do Atlântico através do desenvolvimento de projetos multisetoriais e transnacionais nas diferentes linhas de orientação que o organizam.