Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Lota de Peniche é a que gera maior volume de negócio em Portugal

De todo o país, é no porto de Peniche que o negócio do mar mais rende. O pescado transacionado em lota gerou 30,5 milhões de euros no ano passado, de acordo com estatísticas da Docapesca, que colocam a cidade-península à frente de concorrentes importantes como Matosinhos e Sesimbra, por exemplo.

Na Nazaré, as descargas em lota movimentaram 7,8 milhões de euros no ano passado (fotografia: Joaquim Dâmaso)

Na Nazaré, a venda em lota movimentou 7,8 milhões de euros, entre janeiro e dezembro de 2012, a nona soma mais alta entre a meia centena de postos e delegações da rede Docapesca.

Das cinco espécies mais vendidas na lota de Peniche, que são a cavala, a sardinha – juntas significam 43% -, o carapau, o carapau-negrão e o polvo-vulgar, a maior faturação chega através da sardinha, com 3,5 milhões de euros, ou 1,56 euros por quilo. No entanto, a espécie que proporciona melhor cotação é o polvo-vulgar: 4,36 euros por quilo.

fonte

VEJA O GRÁFICO

VISITE OS RECURSOS DA APLOP (ASSOCIAÇÃO DOS PORTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA), NA WEB