Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Actividade de cruzeiros cresce no primeiro trimestre

Os portos nacionais processaram 231,254 passageiros e 124 escalas no primeiro trimestre do ano, mais 60.591 cruzeiristas e 13 navios do que os contabilizados no mesmo período de 2010.

Zona marítima de Faro em vias de renovação com capitais privados

Tanto o IPTM como a Câmara Municipal de Faro mostram satisfação no surgimento de propostas de investimento privado que promoverão uma nova dinâmica económica para a cidade e um novo posicionamento e relacionamento da capital algarvia com o mar. Em causa estão dois projectos cujo valor de investimento somado deverá rondar os 70 milhões de euros.

LICÍNIO OLIVEIRA

O polícia que faz barcos de brinquedo

Neto de artesão, Licínio aprendeu a fazer os seus próprios brinquedos bem cedo. O gosto pela arte nunca se perdeu mas havia de ser um dos seus filhos a motivá-lo para voltar a deixar o artesanato ser parte da sua vida. Hoje, vai dividindo os seus dias entre o trabalho no posto da GNR, em Cantanhede, o fabrico de barcos e palheiros típicos da Tocha e o cultivo da terra, o seu cantinho dedicado à agricultura biológica.
 

VILA DO CONDE

Nova lota deve abrir até ao Verão

A lota de Vila do Conde deverá abrir portas ainda antes do Verão. O novo espaço terá venda ao público. A autarquia teve aqui um papel decisivo, ao conseguir desbloquear o problema.

Nova Academia Náutica do Litoral Alentejano inaugurada em Sines

O Sines Tecnopolo, a empresa EcoAlga e a Resgate – Associação de Nadadores Salvadores do Litoral Alentejano inauguraram esta semana a Academia Náutica do Litoral Alentejano. O projecto, que conta com o apoio da Capitania do Porto de Sines, assume-se com "credenciações diferenciadoras no panorama náutico nacional", nomeadamente nas áreas de animação turística, marítimo profissional, segurança náutica e náutica de recreio.

PORTO DE AVEIRO

Em destaque no «Diário de Aveiro»

Já se encontra disponível, na web, o mais recente suplemento do "Diário de Aveiro" totalmente dedicado ao Porto de Aveiro e à actividade da sua Comunidade Portuária. O suplemento, com 20 páginas, pode ser folheado aqui

VICE-ALMIRANTE VICTOR CAJARABILLE

«Precisamos urgentemente de um planeamento estratégico»

Em entrevista ao "Diário de Aveiro", Victor Cajarabille, vice-Almirante e professor coordenador do DETMAR - DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIAS DO MAR DO ISCIA, salienta a urgência de criação de um planeamento estratégico no que ao mar diz respeito.

JOSÉ MARIA COSTA, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO

«Viana quer voltar a ser terra de marinheiros»

Em entrevista ao Diário Económico, José Maria Costa defende que Viana do Castelo deve apostar na economia domar, sem esquecer o cluster eólico.
"Viana do Castelo tem 750 anos de história ligada ao mar e hoje quer voltar a ser terra de marinheiros, apostando na economia do mar, como a pesca, a construção naval e a náutica de recreio".

HOJE, QUINTA-FEIRA, NO CLUBE MILITAR NAVAL, AO SALDANHA, EM LISBOA

Apresentação da terceira edição do livro «Os Submarinos na Marinha Portuguesa»

A terceira edição do livro “Os Submarinos na Marinha Portuguesa” é apresentada hoje, 7 de Abril, em sessão pública, no Clube Militar Naval, ao Saldanha. O evento tem início previsto para as 18:30. A apresentação estará a cargo do V/Alm Conde Baguinho, submarinista e ex-Vice-CEMA.

Comunidad de Madrid reforça negócios ibéricos

A Comunidad de Madrid exporta para Portugal mais de 15% do total de exportações de Espanha para o nosso país. É também o segundo cliente espanhol no que reporta às exportações lusas, representando 17,9% do total das nossas exportações para Espanha.

LUÍS MIGUEL SOUSA VISTO PELA «EXAME»

«O dono da Madeira»

Porto Santo Line, Box Lines, Empresa de Navegação Madeirense e Opertrans são algumas das empresas que constituem o império que Luís Miguel Sousa criou e que já factura 100 milhões de euros.

Desafios portuários em Angola

O problema da competitividade poderá ser substancialmente resolvido com o novo porto de águas profundas do Dande e a expansão dos portos de Luanda e do Lobito.

Estaleiros de Viana do Castelo procuram investidores privados

A economia do mar foi um dos temas em debate no Fórum Viana do Castelo “Cidades de Futuro - Atracção pelo Mar”, que decorreu na cidade minhota, numa organização conjunta do Diário Económico em parceria coma autarquia local. No painel subordinado ao tema “Viana Atlântica” abordou-se a importância de actividades como a pesca, a náutica de recreio e a indústria naval.

 

CAMINHO DE FERRO E HINTERLAND PORTUÁRIO

Abordagem prospectiva com enfoque nos casos de Sines e Aveiro

"Os portos de Sines e Aveiro apresentam-se, pela sua juventude, como investimentos susceptíveis de alterar, de forma significativa, o posicionamento estratégico da Orla Atlântica ocidental da Península Ibérica (...)".

PONTE 25 DE ABRIL

Inspecção abaixo da linha de água

No início de Maio já se saberá se a parte submersa dos pilares da Ponte 25 de Abril precisa ou não de intervenção. Os responsáveis acreditam que não, mesmo depois de um interregno de 23 anos neste tipo de inspecções.

PARA CARLOS RAMOS, DA GARLAND

«Custos portuários têm que ser afectados à operação executada»

Os portos nacionais têm margem para serem mais competitivos. Existe uma legislação que ainda está desadequada da actualidade portuária. Esta a posição manifestada por Carlos Ramos, gerente da Garland Navegação de Leixões, empresa que está representada na direcção da Associação dos Agentes de Navegação.

Portugal precisa de portos eficientes e competitivos

O Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, garante que o governo não vai deixar de investir no sector portuário, ainda que a conjuntura económica e financeira não deixe grande espaço de manobra.

MATOS FERNANDES, PRESIDENTE DO PORTO DE LEIXÕES

Portos nacionais estão a ganhar quota de mercado

As exportações nacionais estão em boas mãos. Os portos portugueses estão cada vez mais competitivos e o Porto de Leixões é um caso paradigmático. No ano passado, a carga movimentada teve um crescimento de 3%, para 14,6 milhões de toneladas. Apesar da conjuntura desfavorável, os resultados operacionais foram os melhores de sempre.

PRESIDENTE DA APSS ESTÁ OPTIMISTA

Porto de Setúbal atinge movimentação record de mercadorias

O Porto de Setúbal teve, no ano passado, o melhor desempenho de sempre na movimentação de mercadorias, com a fasquia dos sete milhões de toneladas a ser ultrapassada.
Este será um ano de dificuldades, pelo que o desafio passa por, no quadro de contenção da despesa, insistir na melhoria da competitividade e da oferta, explicou à “Vida Económica” Carlos Gouveia Lopes, Presidente da APSS.

SILVA ROCHA, CAPITANIA DA PÓVOA DO VARZIM

«A falta de uma cultura de segurança ainda prevalece»

Os primeiros cinco meses da comissão de Silva Rocha na liderança da capitania da Póvoa de Varzim e Vila do Conde não têm sido fáceis, com uma série de acidentes marítimos que provocaram a morte a velejadores e pescadores. Em entrevista ao Póvoa Semanário, o Capitão de Porto insiste na palavra segurança e considera que ainda há um caminho a percorrer na sensibilização de todos os envolvidos na actividade marítima.

Total: 237
1 2 3 4 5 6 7 8 9 [10] 11 12