Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Pescadores do Norte e Centro vão receber calças flutuantes de patente norueguesa

Dentro de dois meses, quase quatro mil pescadores vão receber calças de PVC com material flutuante no forro que lhes permitem manter-se à tona. As calças flutuantes foram propostas pela Associação Pró Maior Segurança dos Homens do Mar para substituir os coletes obrigatórios para os pescadores.

Aveiro com novas acessibilidades marítimas em 2013

A ampliação do Molhe Norte e o aprofundamento do canal de navegação serão o culminar da construção do “novo” porto de Aveiro, um processo que leva uma década e soma investimentos de 200 milhões de euros, afirmou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS o presidente da APA, José Luís Cacho.

Empresários assistem ao lançamento do novo Porto de Aveiro

Exportar cada vez mais a partir dos portos marítimos é uma prioridade do Governo. Perante esta aposta, o Porto de Aveiro não perdeu tempo e avançou para um projecto de expansão, tal como já tinha acontecido com o Porto da Figueira da Foz.

REVISTA PORTUGAL GLOBAL - EDIÇÃO FEVEREIRO/MARÇO

Congresso das Exportações em destaque

A edição de Fevereiro/Março da revista "Portugal Global", editada pela AICEP, dá especial destaque ao Congresso das Exportações, que decorreu recentemente em Santa Maria da Feira, com a presença do Primeiro-Ministro e congregando em seu torno muitas centenas de empresários.

PÚBLICO

Se o mar fosse uma empresa, já valia dez mil milhões em bolsa

Se as muitas actividades que vivem, sobrevivem e crescem à custa do mar constituíssem uma holding, esta teria já uma dimensão de respeito, de cerca de dois por cento do PIB. O exercício proposto por António Câmara de levar o mar à bolsa implicou a “recriação” de relatórios e contas e planos de negócios. O resultado: o “mar” vale 10,6 mil milhões de euros. Ainda que o mar seja mal gerido e mal amado, esta holding já vale mais do que uma empresa como a PT.
 

ÍNDICE DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Para todos os navios novos com mais de 400 GT

N o âmbito dos estudos desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho sobre Emissões de Gases com Efeito de Estufa por Navios, da Organização Marítima Internacional (IMOMEPC), têm vindo a ser desenvolvidos requisitos que apontam para que todos os navios novos com mais de 400 GT possuam um Índice de Eficiência Energética (EEDI).

ANDREIA VENTURA, DA ADMINISTRAÇÃO DA APL

«Lisboa já ocupa lugar de destaque no mapa de cruzeiros»

O Porto de Lisboa espera voltar a bater recordes este ano e acredita na potencialidade da cidade e do País como destino de cruzeiros. Entrevista de Andreia Ventura, do Conselho de Administração do Porto de Lisboa, à revista "Publituris".

Porta-contentores cada vez maiores

Os porta-contentores estão a ficar cada vez maiores, verdadeiros colossos sulcando os mares. O "EXPRESSO" chama-lhes "monstros do mar" e revela alguns números.

PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ

«Prolongamento do molhe norte é investimento vital para o concelho»

Ao inaugurar o prolongamento do molhe norte, o Ministro das Obras Públicas, António Mendonça, que se fazia acompanhar pelo Secretário de Estado Paulo Campos, realçou a importância da obra e o papel que o porto comercial da Figueira da Foz desempenha no contexto portuário nacional.
“Um investimento vital para o nosso concelho”, classificou o presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde.
 

MADEIRA

Conflito com o «Cap Mor» colocou Força Aérea alerta

Terminou em segurança o braço de ferro que o comandante do navio graneleiro "Cap Mor" manteve com as autoridades portuguesas, que exigiam o reboque para um fundeadouro seguro e distante da zona onde o navio fundeuou com uma avaria nas máquinas.

DIÁRIO DE COIMBRA

Depois do prolongamento do molhe norte, terminal na margem sul é o novo desafio

Foram cerca de 27 milhões de euros investidos no Porto da Figueira da Foz, nos últimos anos, obras agora inauguradas pelo ministro da tutela. António Mendonça considerou que este «é um dos portos mais importantes do país», salientando que os projectos futuros estão «orientados para criar condições» às empresas que ali trabalham, particularmente a fileira do papel, tornando-a «mais competitiva e possibilitando a implantação de novas indústrias».

A APOSTA INTERNACIONAL DA MOTA-ENGIL PASSA CADA VEZ MAIS PELA ÁREA PORTUÁRIA

Mota-Engil prepara investimentos de 125 milhões no Peru

A aposta internacional da Mota-Engil passa cada vez mais pelos negócios na área portuária, em especial no Peru. Depois de, em 2009, ter garantido uma primeira concessão no porto de Paita, no norte daquele país da América do Sul, o grupo construtor português prepara agora uma nova proposta para um segundo concurso, relativo à concessão de porto fluvial na floresta amazónica.

 

DIÁRIO DE COIMBRA

António Mendonça inaugura obras «que começaram a ser anunciadas nos anos 80»

O ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, preside esta segunda-feira, dia 21, a partir das 11h00, à cerimónia de inauguração da nova acessibilidade marítima (Molhe Norte) no Porto da Figueira da Foz, visitando também a área de influência desta estrutura portuária. 
Como é do conhecimento geral, estas obras têm décadas de atraso, começaram a ser anunciadas nos anos 80, mas só se iniciaram em meados de 2008 e ficaram concluídas em 2010 - escreve o "Diário de Coimbra", em artigo assinado por José Santos.
 

Gruas Manitotowoc colaboraram na expansão de porto de Leixões

As gruas de rastos Manitowoc desempenharam um importante papel na expansão do porto de Leixões, sendo utilizadas na construção de novos cais, para permitir que o porto receba navios de grandes dimensões.

EM DESTAQUE NO «OJE»

Ligação ferroviária Sines-Espanha

A ligação ferroviária Sines/Espanha, de importância estratégica para Portugal, tem corno objectivo estabelecer uma ligação ferroviária para o tráfego de mercadorias entre o Porto de Sines e Espanha e daí para o resto da Europa, e está intimamente associada com a necessidade do reforço da competitividade e da capacidade do Porto de Sines (e do arco Sines — Setúbal — Lisboa).

IPTM ANUNCIA INAUGURAÇÃO APÓS ATRASOS LIGADOS A ALTERAÇÕES LEGISLATIVAS

Lota de Albufeira abre ainda este mês

O Director-Delegado do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM), Brandão Pires, afiança que a inauguração da lota de Albufeira está agendada para o dia 22 deste mês. A informação foi avançada pelo responsável do instituto em reacção às declarações de Hélder de Sousa, presidente da Junta de Freguesia, à Lusa sobre os atrasos na abertura do equipamento.

Edifer quer plataforma logística de Leixões

A Edifer está a concluir um contrato para arrancar com um projecto de construção e concessão da plataforma logística do Porto de Leixões por 30 anos. O investimento foi avaliado em 80 milhões de euros e encontra-se na fase final de conversações com a Administração dos Portos do Douro e de Leixões (APDL).

ATRAVÉS DOS PORTOS DE AVEIRO E DA FIGUEIRA DA FOZ

Portugal e Espanha criam «corredor de progresso»

A região Centro de Portugal e a Junta de Castela e Leão querem tornar-se num território coeso, totalizando 118 mil quilómetros quadrados e quatro milhões de habitantes. E os resultados já começam a ser visíveis, com o trabalho que tem vindo a ser feito desde 2008. A região Centro já é uma porta de entrada para produtos com destino a Espanha, através dos portos da Figueira da Foz e de Aveiro.

SEGUNDO O LEME-BARÓMETRO

Recursos do mar desaproveitados

Portugal não tira o devido proveito dos recursos marítimos e as actividades económicas ligadas ao mar apresentam grandes paradoxos: apesar de oferecerem uma "boa ou muito boa" capacidade empregadora, têm um fraco apoio das entidades públicas. Quem o diz é a consultora PricewaterhouseCoopers Portugal no Leme-Barómetro, que criou o índice PwC Economia do Mar (de base 100, relativa a 31 de Dezembro de 2008). Este trabalho "permite avaliar os diversos subsectores nacionais com maior representatividade na economia do mar", refere a consultora.

PÓVOA DO VARZIM

Estudo vai avaliar futuro do Porto Pesca

Durante este ano de 2011, o Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) vai promover um estudo para analisar a melhor solução para o futuro do Porto de Pesca da Póvoa de Varzim, surgindo, como hipótese, a troca de localização entre a marina e o espaço dedicado às embarcações de pesca.

Total: 237
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [11] 12