Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




THE HARBOUR SYMPHONY

Uma orquestra no mar

A baía do Funchal vai ser palco de um concerto inédito esta segunda-feira, 31 de Dezembro, pelas 19h15, com os apitos dos navios de cruzeiro a serem os instrumentos do "2012 Last Sunset Symphony", do compositor Francisco Loreto. Ouça outras experiências do género, "The Harbour Symphony", realizadas a 9 de Julho de 2012, em 1998 e em 1992 no porto canadiano de St. John, no Canadá.

BATALHA DE APITOS NAS BAHAMAS

Disney Dream contra Disney Magic

Em Castaway Cay, nas Bahamas, dois navios de cruzeiro da Disney envolveram-se num épico duelo de apitos. Uma refrega para ouvir... e decidir quem foi o vencedor.

WINDSOR CASTLE

Um apito de 1.500 quilos

Na imagem, o apito do "Windsor Castle" (navio do cabo) fabricado na Suécia, pesando 1.500Kg. Quando o "Windsor Castle" fundeava na Baía do Funchal, ao partir, emitia 3 apitos graves e sonoros, com muita qualidade e grande alcance.

Apitos de navios nos tablets

Um navio de cruzeiros não está ao alcance da bolsa de qualquer um, mas se se quiser ficar pelo apito, aí consegue-se num ápice, à distância de um clique, como se costuma dizer.
São muitas as aplicações que lhe oferecem a experiência inolvidável de poder ser corneteiro do mar por uns instantes. Na volta ainda leva de brinde um apito de comboio, uma vuvuzela, mais sirene de carro da polícia, mais apito de comboio, mais...

A Ronca da Póvoa do Varzim

A ronca da Póvoa de Varzim faz parte do meu imaginário. Quantas vezes a ouvi no Bairro Sul, na Rua da Cordoaria em que pequeno vivi. O seu som ecoava pela noite fora ajudando os traineiras a fazer-se ao porto de abrigo ou quando o nevoeiro traiçoeiro limitava os olhares dos bravos Lobos-do-mar.

NOC, a baleia branca que tinha uma voz quase humana

Os papagaios imitam a fala humana, mas isso nunca fora observado numa baleia. Os cientistas que estudaram estas vocalizações quase humanas, produzidas por uma beluga, ou baleia branca, especulam que o cetáceo estava a tentar comunicar com os seus tratadores.

OS TÍMPANOS DAS BALEIAS E DOS GOLFINHOS PODEM EXPLODIR COM SONS DE 180 DB

O sonar

O sonar é um aparelho que emite ultra-sons e, após um dado intervalo de tempo, recebe as ondas reflectidas; é de fundamental importância nos submarinos, visto que permite determinar a profundidade de imersão, bem como evitar a colisão com objectos do fundo marinho.

Os sons dos golfinhos

Os golfinhos emitem sinais sonoros parecidos com cliques, estalos e assobios. Uma experiência fácil de se fazer para se ter uma ideia de como é o tipo de som emitido por um golfinho, pode ser realizada utilizando um balão comum de festa de aniversário; é só enchê-lo e deixar o ar sair aos poucos, esticando a extremidade de saída do ar. Os sons emitidos pelos golfinhos não são emitidos como os nossos por cordas vocais, e sim por canais respiratórios bem tortos que pressionam o ar interno, produzindo um som que passa por uma parte gordurosa na cabeça do mamífero chamada de melão, que tem a função de amplificar o som que vem dos canais.

ANTENA 1

Pedro Reis faz balanço de 2012

O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Pedro Reis, considera que 2012 foi um ano bom, mas avisa que o abrandamento das exportações em setembro é um sinal de que a desaceleração do mercado europeu vai persistir e de que é preciso olhar para 2013 com cautela.

FÓRUM TSF

Polémica nos portos

O Fórum TSF de quarta-feira foi dedicado à a proposta do Governo para a mudança de regras no trabalho portuário. A lei é discutida hoje, 29 de Novembro, no Parlamento, e está na base da greve dos estivadores. O Secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, esteve na TSF para responder às perguntas dos ouvintes.
Se não teve oportunidade de ouvir em directo, pode fazê-lo aqui.
 

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Alimentação: Artesanal Pesca

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Construção e Reparação Naval: Naval Tagus

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Construção e Reparação Naval - o debate

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Construção e Reparação Naval: One Ocean

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Construção e Reparação Naval: Euronavy Engineering

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Construção e Reparação Naval: Estaleiros Navais de Peniche

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Turismo Náutico e Lazer: Peniche

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Turismo Marítimo: Centro Náutico de Algés

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Turismo Marítimo: Marlin Boat Tours

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

«MAR DE NEGÓCIOS», NA TSF

Turismo Marítimo: Marina do Parque das Nações

De segunda a sexta-feira, Mar de Negócios propõe-se demonstrar o potencial económico do Mar em Portugal, com exemplos empresariais de sucesso em seis setores da economia do mar. Aos sábados, debatem-se os constrangimentos e as barreiras à transformação do potencial em novas oportunidades de negócios.

Total: 236
1 2 3 4 5 6 7 8 9 [10] 11 12