Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Navio hidrográfico da Marinha mapeia mar dos Açores

O navio hidrográfico da Marinha D. Carlos I encontra-se atualmente em missão na Região Autónoma dos Açores a efectuar um cruzeiro cientifico para a realização de levantamentos hidrográficos na área do arquipélago dos Açores, contribuído assim para o incremento do conhecimento do mar dos Açores.

Após ter largado de Ponta Delgada no 27 de junho, o navio efetuou levantamentos hidrográficos numa área a sudoeste da Ilha de S. Miguel, com recurso ao sistema sondador multifeixe de grandes fundos instalado. Neste período, o navio realizou a aquisição e processamento de dados batimétricos de uma área com aproximadamente 12 mil km2.
Os dados resultantes vão permitir verificar a evolução batimétrica do fundo do mar e, através das capacidades técnicas do Instituto Hidrográfico no âmbito das suas responsabilidades como serviço hidrográfico nacional, serão atualizadas as cartas náuticas, um contributo relevante da Marinha para a segurança da navegação.

O NRP D. Carlos I cumpre a actual missão no mar dos Açores com um total de 35 militares embarcados.