Polícia Marítima participa em ação de repovoamento de 7200 salmões no rio Minho

O Comando-local da Polícia Marítima de Caminha, em conjunto com a Comandância Naval del Miño, Xunta de Galicia e Aquamuseu do Rio Minho, realizaram uma ação de repovoamento de salmões no Troço Internacional do Rio Minho (TIRM).

Nos termos da alínea e), do n.º 1, do art.º 45.º do DL n.º 08/2008 de 9 de abril (Regulamento de Pesca no TIRM), compete à Comissão Permanente Internacional do Rio Minho, copresidida pelo Capitão do Porto de Caminha e pelo Comandante Naval del Miño, promover o repovoamento do rio Minho com salmonídeos e outras espécies. Por este motivo, foram largados nas águas do rio Minho cerca de 7200 salmões juvenis, nos quais foi colocado um dispositivo que permite reconhecê-los mais tarde, caso sobrevivam e regressem ao rio Minho. Estima-se que cada salmão que sobreviva coloque na água entre 4000 e 5000 ovos.

Esta ação é exemplo de cooperação transfronteiriço entre as Autoridades e Instituições Cientificas de ambas as margens, no sentido de promover e potenciar a sustentabilidade dos recursos vivos do rio Minho.​