Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Passos Coelho confirma aposta na qualificação portuária e na ligação ferroviária

O Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho anunciou esta quarta-feira que a Comissão Europeia autorizou Portugal a aplicar os fundos que estavam destinados à alta velocidade ferroviária (TGV) na ligação em bitola europeia dos portos portugueses ao resto da Europa.

Durante o debate quinzenal no Parlamento, Passos Coelho afirmou que o Governo PSD/CDS-PP vai fazer "uma mudança de agulha" na área dos transportes, acrescentando: "Apostaremos, desta vez, não em mais estradas, mas na qualificação portuária e na ligação ferroviária que poderemos obter, nomeadamente a partir de Aveiro e a partir de Sines, não apenas para a plataforma ibérica, mas também para a plataforma continental europeia".

"Desse ponto de vista, a posição que a Comissão Europeia já adoptou, permitindo-nos substituir a alta velocidade por velocidade elevada, permitir-nos-á aplicar sem perda de fundos comunitários os investimentos que estavam previstos para a alta velocidade para aplicar nas mercadorias, na ligação em bitola europeia dos portos portugueses para o centro da Europa", adiantou o primeiro-ministro, recebendo aplausos das bancadas da maioria.

FONTE: CARGO







Artigos relacionados:

  • Santos Pereira defende criação de duas linhas ferroviárias rápidas entre Portugal e Espanha