Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

TSF

O bioplástico inventado em Portugal

Muito mais do que os produtos biodegradáveis, o bioplástico é a única solução que não apresenta impacto ambiental, pode ser facilmente reciclado e se for posto no lixo comum degrada-se sem impacto em aterro. Este bioplástico foi inventado a partir de Portugal: a Silvex é a empresa portuguesa que coordena internacionalmente este projecto de inovação mundial de produção de película aderente biodegradável (e que se estima possa valer cerca de euro1000 milhões por ano).

O convidado do programa "Mais Cedo ou Mais Tarde", de João Paulo Menezes (TSF), é Carlos Rodrigues, engenheiro agrónomo e gestor da área do biodegradável na Silvex. A par do projecto da película aderente biodegradável - a tal inovação mundial -, Carlos Rodrigues tem acompanhado e monitorizado a implementação do projecto Agrobiofilm em Portugal, Espanha e França nas suas diferentes aplicações e todos os temas associados à reciclagem.

PARA OUVIR AQUI