Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

GARANTIA DE PIRES DE LIMA

Novo terminal de cruzeiros de Lisboa vai gerar centenas de milhões de euros

O ministro da Economia, António Pires de Lima, afirmou que o novo terminal de cruzeiros de Lisboa poderá gerar receitas turísticas de centenas de milhões de euros.

António Pires de Lima presidiu no dia 17 à assinatura do contrato de concessão do terminal de cruzeiros de Lisboa, entregue a um consórcio constituído pela Global Liman Isletmeleri, pelo Grupo Sousa, pelo Royal Caribbean Cruises e pelo Creuers del Port de Barcelona.

A cerimónia contou igualmente com a presença dos secretários de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, e do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, e do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, assim como de representantes do consórcio vencedor.

A concessão da exploração da atividade de cruzeiros no Porto de Lisboa prevê a construção de um novo terminal, um investimento estimado em cerca de 22,7 milhões de euros, que deverá estar concluído em 2015.

O prazo da concessão é de 35 anos.

Na sua intervenção, o ministro da Economia destacou a importância desta obra, apontando para os ganhos turísticos para a cidade de Lisboa e para a economia nacional.

«O turismo é essencial para o processo de recuperação económica. Não tenho dúvidas de que este consórcio vai criar as bases para o crescimento económico e para o desenvolvimento da região», afirmou o governante.

Pires de Lima referiu que o Porto de Lisboa ambiciona ser um ponto de partida e de chegada, «além de um simples ponto de passagem».

«O turismo de cruzeiros gera atualmente por ano cerca de 60 milhões de euros. Com esta obra e com os efeitos multiplicadores do turismo poderemos falar de ganhos de centenas de milhões de euros», perspetivou.

No mesmo sentido, António Costa, destacou a importância da obra para a atratividade turística da capital portuguesa.

«É uma obra fundamental para Lisboa e estou seguro de que terá um papel importante para tornar a cidade mais atrativa. O porto de Lisboa é o orgulho da cidade e sempre o será», afirmou o autarca socialista.

Segundo dados do Governo, Portugal é atualmente o 6.º destino de cruzeiros da Europa.

O trafego atual de cruzeiros na capital é de 550 mil passeiros, mas os responsáveis do Porto de Lisboa preveem que o número possa duplicar nos próximos 10 anos.

Segundo aquela entidade, cada passageiro gasta em média 97,40 euros na região de lisboa, durante a sua estada, escreve a Lusa.

VEJA A REPORTAGEM DA TVI