Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




1 DE MARÇO

IPMA promove seminário sobre Bivalves

A Coordenação do Sistema Nacional de Monitorização de Moluscos Bivalves (SNMB), em associação com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e com o apoio da Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e da Direcção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), promove no dia 1 de Março, a partir das 09h00, nas instalações do IPMA, em Algés, o seminário «Produção, Controlo e Monitorização de Moluscos Bivalves».

Peixe mais caro gera receita recorde

O ano de 2017 confirma que o sector da pesca está num bom momento, com as maiores capturas em 13 anos e receitas recorde desde 1938.
Espada e atum ficaram mais baratos aos consumidores, mas a média total mostra o peixe mais caro.

DGRM

Inspecção de pescas com mais recursos humanos

A DGRM – Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos contratou oito novos elementos que vão reforçar o corpo de inspeção de pescas, resultado do esforço que esta Direção Geral está a realizar para a melhoria dos seus serviços, onde a componente de Recursos Humanos é fundamental.

Estudo contraria dados da FAO sobre capturas globais de pescado

Um estudo recente da Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá) e da Universidade da Austrália Ocidental (Austrália) revela que as capturas de pescado à escala global estão a diminuir, contrariando a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla inglesa), segundo a qual essas capturas estão relativamente estáveis desde os anos 90 do século passado.

FIGUEIRA DA FOZ

Polícia Marítima não dá tréguas à captura ilegal de meixão e outras espécies

Há muito que a Polícia Marítima (PM) declarou guerra à pesca ilegal, não dando tréguas aos prevaricadores. Na sequência das ações levadas a efeito durante o ano de 2017, foram enviadas para destruição redes apreendidas no valor de 40 mil euros, que foram utilizadas nas atividades clandestinas de captura de meixão (enguia imatura) e outras espécies.

IPMA concorre a MAR 2020 para financiar estudo sobre a sardinha

O estudo «Sardinha 2020» terá financiamento de 1,5 milhões de euros do MAR 2020 e visa contribuir para conhecer melhor a dinâmica da espécie face às novas pressões da pesca e das alterações climáticas.

Governo autoriza mais pesca de espécies acessórias com artes do cerco

O Governo autoriza, a partir desta terça-feira, as embarcações da arte do cerco a capturar espécies acessórias, numa percentagem superior aos 20% permitidos por lei, uma medida excecional que se repete desde 2016, segundo uma portaria publicada dia 22.

DGRM adianta restrições para o biqueirão

Na ausência de publicação de uma Portaria sobre “medidas de gestão para 2018, respeitantes ao biqueirão”, a Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) veio recomendar às organizações de produtores que informassem os seus associados sobre algumas medidas já consensualizadas para a “boa gestão” do recurso.

Apropesca favorável à proibição de captura de sardinha

Em declarações recentes à Rádio Onda Viva, o presidente da Apropesca – Organização de Produtores de Pesca Artesanal, sedeada na Póvoa de Varzim e que tem barcos da frota de cerco como associados, manifestou satisfação com a decisão do Governo de proibir a captura, manutenção a bordo e a descarga de sardinha até 30 de Abril deste ano, com qualquer arte de pesca, na zona 9 definida pelo Conselho Internacional para a Exploração do Mar (CIEM).

Pesca da sardinha proibida até ao final de Abril

A pesca da sardinha, com qualquer arte de pesca, está proibida até ao final de abril, segundo um despacho da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

"É interdita a captura, manutenção a bordo e descarga de sardinha (Sardina pilchardus), até ao dia 30 de abril de 2018, com qualquer arte de pesca, na zona 9 definida pelo Conselho Internacional para a Exploração do Mar", lê-se no diploma publicado quarta-feira, em suplemento, no "Diário da República" e que entra em vigor esta quinta-feira.

Mar 2020 apoia 48 projectos em portos de pesca, locais de desembarque e lotas

O Programa Operacional Mar 2020 apoiou 48 candidaturas com investimentos elegíveis na modernização de portos de pesca, locais de desembarque, lotas e abrigos totalizam quase 28 milhões de euros. Candidaturas apresentadas ao abrigo de dois avisos, um em 2016 e outro já em 2017.

Mar 2020 abriu concursos para apoios à aquacultura

Desde 28 de Dezembro e até 26 de Fevereiro, estão abertas candidaturas a medidas de apoio ao Aumento do Potencial dos Sítios Aquícolas (aviso nº17/2017) e à Aquicultura Biológica, à Conversão para Sistemas de Ecogestão e Auditoria e à Prestação de Serviços Ambientais pela Aquicultura (aviso nº18/2017), no âmbito do Programa Operacional Mar 2020.

DGAV esclarece sobre controlos de pesca da UE transferidos de países terceiros

A Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) emitiu recentemente um esclarecimento sobre controlos oficiais a produtos da pesca capturados por navios com pavilhão de um Estado-membro e introduzidos na União Europeia (UE) após terem sido transferidos num país terceiro.

Ministra do Mar espera manter quota da sardinha

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, manifestou esperança de que a quota da sardinha seja mantida, embora reconheça que uma decisão sobre o assunto só será tomada após avaliação dos 'stocks' em águas ibéricas.
Falando numa visita para dar a conhecer o porto de Sesimbra ao director-geral europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas, João Aguiar Machado, a governante indicou que já "existe alguma recuperação [dos 'stocks' de sardinha] na costa portuguesa", embora seja necessário analisar ainda o resultado de Espanha.

Já começou a dragagem da Doca de Pesca de Esposende

Numa iniciativa do Município e satisfazendo uma reivindicação antiga da comunidade piscatória de Esposende, iniciaram-se os trabalhos de dragagem da Doca de Pesca. Os trabalhos, que serão executados através de um sistema inovador, deverão estar concluído no prazo de duas semanas.

AÇORES

Melhores condições nos portos de pesca da Região

O director regional das Pescas afirmou, no Faial, que o Governo dos Açores "está a trabalhar para melhorar as condições de segurança e de operacionalidade" dos portos de pesca do Arquipélago. Luís Costa falava no Porto de Pescas do Varadouro, na cerimónia que assinalou a entrada em funcionamento da nova grua, que tem capacidade para a varagem de embarcações até cinco toneladas.

COM PROJECTOS MARÍTIMOS INOVADORES

Ílhavo pretende consolidar a designação de «Capital Portuguesa do Bacalhau»

Fernando caçoilo destaca a remodelação do Museu da Vista Alegre, a aposta em zonas industriais e no Parque de Ciência e Inovação (PCI) — um projecto desenvolvido em parceria com várias entidades, entre as quais a Universidade de Aveiro — e o reforço da marca e identidade deste território como a “Capital Portuguesa do Bacalhau”, através do Museu Marítimo, do Aquário dos Bacalhaus e do Festival dó Bacalhau.

Portugal vai pescar mais carapau, tamboril e lagostim

O governo fala num resultado histórico. Um aumento global de 18% dos totais admissíveis de capturas (TAC) e quotas de pesca para 2015 que vai permitir a Portugal pescar mais 17 mil toneladas de peixe.

Cientistas estudam sardinha no mar para definir quotas

O Porto da Figueira é o segundo mais importante do país, em termos de descarga de sardinha e de valor. Abundância de sardinha já não é o que era. Agora, estuda-se o mar para a imposição de quotas.

AÇORES

Governo fiscaliza pescas com drone

Os Açores vão utilizar um ‘drone’ para inspecionar zonas remotas do mar do arquipélago, revelou o secretário regional Fausto Brito e Abreu, que anunciou um reforço do orçamento da fiscalização das pescas em 16% em 2015.

Total: 362
1 2 3 4 5 6 7 8 [9] 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19