Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Docapesca terminou reabilitação da doca de recreio de Faro

A Docapesca concluiu as obras de reabilitação do revestimento da muralha da doca de recreio de Faro, que representaram um investimento de 92.814 euros.

Conforme esclarece a Docapesca, as obras foram a segunda fase de uma obra “que consistiu na reabilitação da muralha de suporte nascente, compreendida entre o Hotel Eva e o quartel dos Bombeiros Voluntários de Faro, incluindo também a reabilitação da calçada na área junto ao Coreto”.

ESTA QUARTA-FEIRA

Ministra do Mar preside à assinatura do Contrato de Construção do Molhe de Angeiras

Esta quarta-feira procede-se à a assinatura do contrato de empreitada de construção da obra marítima de abrigo na zona piscatória de Angeiras (Quebra-Mar de Angeiras), em cerimónia presidida pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.
O evento decorre no Ministério do Mar, às 17:30, sendo o contrato assinado entre a DGRM e a Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A.

Ana Paula Vitorino destaca contributo da indústria de pescado na economia

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, esteve presente no maior evento de comércio de produtos do mar do mundo, a Seafood Expo Global 2018, que decorreu em Bruxelas, na Bélgica. No evento, acompanhada pelo secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, a governante reconheceu e valorizou o importante contributo da indústria de pescado nacional para a economia portuguesa.

Carapau: um peixe indicado para a alimentação

Mais uma campanha pelo carapau foi levada a cabo, no âmbito da protecção das espécies não sustentáveis. Assim, recomendam-se as espécies que têm os stocks controlados e uma pegada ecológica positiva.

24 A 26 DE ABRIL

Maior participação portuguesa de sempre na Seafood Expo Global 2018

Dezoito empresas portuguesas estarão presentes na edição deste ano edição da Seafood Expo Global, de 24 a 26 de Abril, no Parque de Exposições de Bruxelas, na Bélgica – Docapesca, Coelho & Dias, Frijobel, Friopesca, Mar Ibérica, Gelpeixe – Alimentos congelados, S.A, Lurdes Narciso, L. Fish, Luis Silvério & Filhos, Lotaçor, Nigel – Cong. José Nicolau, Lda., MARFRESCO, Pascoal & Filhos, Riberalves – Comércio e Indústria de Produtos Alimentares, S.A., Rui Costa e Sousa & irmão, S.A, Ilhapeixe, Gialmar e Soguima.

Pesca produz menos carbono que pecuária

Pescar produz muito menos carbono por quilo de proteínas do que produções provenientes da terra, como gado, de acordo com um estudo realizado pelo Institute for Marine and Antarctic Studies (IMAS) e por cientistas do Canadá. O estudo, fornecendo uma primeira análise às emissões globais da pesca selvagem por país, compara o impacto do carbono gerado pela indústria pesqueira com o gerado pela produção agrícola e pecuária (estimado entre 50 e 750 quilos de carbono por quilo de carne), responsável por aproximadamente metade de todas as emissões relacionadas à produção de alimentos.

GNR e DGRM realizam missão conjunta de inspecção e apreendem 6,5 toneladas de cavala

Uma missão conjunta de controlo e inspecção de pescas realizada no porto de Sesimbra, que envolveu Inspetores de Pescas da Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) e agentes da Guarda Nacional Republicana-Unidade de Controlo Costeiro (GNR-UCC), conduziu à apreensão cautelar de 6,5 toneladas de cavala (Scomber colias).

CE aprova plano de gestão da pesca da sardinha

O Plano de Gestão Plurianual da pesca de sardinha para os próximos cinco anos apresentado em Dezembro de 2017 por Portugal e de Espanha à Comissão Europeia (CE) foi aprovado “com algumas condicionantes”, como refere a Associação Nacional das Organizações dos Produtores da Pesca do Cerco (ANOPCERCO), que se congratulou com a decisão.

ATÉ 15 DE ABRIL

Peixe em Lisboa

As portas do Pavilhão Carlos Lopes já abriram para mais um Peixe em Lisboa, o festival que faz do peixe e do marisco o seu ingrediente principal. São muitas as novidades desta edição.

DGRM desenvolve novo Diário de Pesca Eletrónico

A DGRM – Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, tem em fase final de desenvolvimento uma nova plataforma do DPE – Diário de Pesca Eletrónico, designada por DPE+, mais moderna e fácil de utilizar pelos pescadores profissionais.

Depois de realizadas sessões de apresentação aos utilizadores e recolha de contributos para a sua melhoria, a nova plataforma será, durante o mês de abril, colocada em testes reais em embarcações-piloto, com vista à sua utilização em ambiente operacional a bordo das embarcações de pesca com comprimento igual ou superior a 12 metros de fora a fora.

ANTÓNIO MIGUEL LÉ:

Surpreendente aumento da quantidade de sardinha na costa

O Presidente da Cooperativa de Produtores de Peixe Centro Litoral, António Miguel Lé, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, não esconde o contentamento pelo "surpreendente" aumento dos stocks de sardinha na costa portuguesa, segundo um estudo do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). "Até os mais cépticos ficaram surpreendidos, pois não esperavam que mais do que duplicasse. É evidente que poderá haver um reajuste da quota para este ano, mas nunca numa grande quantidade", frisa o armador da Figueira da Foz.

Stock da sardinha cresce na costa portuguesa

A Associação das Organizações de Produtores da Pesca do Cerco (ANOPCERCO) divulgou resultados de um cruzeiro científico realizado em Dezembro pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que revelam que o stock de sardinha na costa portuguesa atinge 120 mil toneladas entre Caminha e o Cano Espichel, “um acréscimo de 110% face à biomassa que tinha sido avaliada em Dezembro de 2016”.

Docapesca concessiona área para estaleiro em Portimão

A Docapesca abriu concurso para a concessão do direito de utilização privativa, por 25 anos, de uma parcela do domínio público hídrico, destinada à implantação e exploração de um estaleiro de reparação naval no porto de pesca de Portimão, conforme anúncio ontem publicado em Diário da República.

1 DE MARÇO

IPMA promove seminário sobre Bivalves

A Coordenação do Sistema Nacional de Monitorização de Moluscos Bivalves (SNMB), em associação com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e com o apoio da Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e da Direcção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), promove no dia 1 de Março, a partir das 09h00, nas instalações do IPMA, em Algés, o seminário «Produção, Controlo e Monitorização de Moluscos Bivalves».

Peixe mais caro gera receita recorde

O ano de 2017 confirma que o sector da pesca está num bom momento, com as maiores capturas em 13 anos e receitas recorde desde 1938.
Espada e atum ficaram mais baratos aos consumidores, mas a média total mostra o peixe mais caro.

DGRM

Inspecção de pescas com mais recursos humanos

A DGRM – Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos contratou oito novos elementos que vão reforçar o corpo de inspeção de pescas, resultado do esforço que esta Direção Geral está a realizar para a melhoria dos seus serviços, onde a componente de Recursos Humanos é fundamental.

Estudo contraria dados da FAO sobre capturas globais de pescado

Um estudo recente da Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá) e da Universidade da Austrália Ocidental (Austrália) revela que as capturas de pescado à escala global estão a diminuir, contrariando a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla inglesa), segundo a qual essas capturas estão relativamente estáveis desde os anos 90 do século passado.

FIGUEIRA DA FOZ

Polícia Marítima não dá tréguas à captura ilegal de meixão e outras espécies

Há muito que a Polícia Marítima (PM) declarou guerra à pesca ilegal, não dando tréguas aos prevaricadores. Na sequência das ações levadas a efeito durante o ano de 2017, foram enviadas para destruição redes apreendidas no valor de 40 mil euros, que foram utilizadas nas atividades clandestinas de captura de meixão (enguia imatura) e outras espécies.

IPMA concorre a MAR 2020 para financiar estudo sobre a sardinha

O estudo «Sardinha 2020» terá financiamento de 1,5 milhões de euros do MAR 2020 e visa contribuir para conhecer melhor a dinâmica da espécie face às novas pressões da pesca e das alterações climáticas.

Governo autoriza mais pesca de espécies acessórias com artes do cerco

O Governo autoriza, a partir desta terça-feira, as embarcações da arte do cerco a capturar espécies acessórias, numa percentagem superior aos 20% permitidos por lei, uma medida excecional que se repete desde 2016, segundo uma portaria publicada dia 22.

Total: 375
1 2 3 4 5 6 7 8 [9] 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19