Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Unidade de Controlo Costeiro de Aveiro da GNR faz doação de pescado apreendido

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, apreendeu na Gafanha da Nazaré seis toneladas de sardinha e 500 quilos de biqueirão com o valor total de 50 mil euros. O pescado apreendido foi sujeito a verificação higiosanitária e doado a instituições de solidariedade social.

Docapesca lança concurso para novo cais em Quarteira

A Docapesca – Portos e Lotas abriu um concurso para elaboração do projecto de execução para a construção de novo cais de acostagem e estacionamento no porto de pesca da Quarteira. O preço base do projecto de execução é de 60 mil euros, tendo por objectivo o lançamento do concurso para a empreitada em 2020.

Porto de Pesca de Tavira

Docapesca lança concurso público para a empreitada de execução de cais flutuantes

A Docapesca abriu um concurso para a empreitada de execução de cinco cais flutuantes no porto de pesca de Tavira, com o preço base de 604.564 euros, a instalar entre a antiga lota (recentemente demolida) e a Ponte dos Descobrimentos, numa frente acostável de 350 metros.

MADEIRA

Odília desviou os filhos, mas o genro virou-se para o mar

Na Madeira, a pesca está a perder gente há mais de meio século. A tendência só foi contrariada quando regressaram milhares de pessoas das antigas colónias e na última crise económica.

Aumenta quantidade e valor do peixe nas lotas algarvias

A quantidade peixe transacionada nas lotas algarvias aumentou mais de 12% nos primeiros seis meses deste ano, segundo dados da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM). O preço médio do pescado também registou uma subida, em relação a igual período do ano passado.

"Este ano está a ser muito bom, quer na quantidade quer no valor, depois de alguns anos passados terem sido de miséria", salienta ao CM Miguel Cardoso, presidente da Olhãopesca - Organização de Produtores de Pesca do Algarve.

LAGOS

Arte Xávega, a pesca por arrasto na Meia Praia

Um dos tipos de pesca mais antigos do Algarve continua a persistir no areal da Meia-Praia por um dos únicos mestres da arte xávega que ainda tem licença, em Lagos – José Glória, mais conhecido por Mestre Zé Bala.

NORUEGA

Nos fiordes, à boleia do salmão

Nas últimas décadas, os fiordes da Noruega encheram-se de viveiros onde cresce o salmão que o país exporta para cerca de 140 países. Depois de anos de críticas à qualidade do peixe criado em aquacultura, os produtores estão a abrir as portas a quem quiser verificar como tudo é feito. Entre fiordes, viveiros e a mesa de um restaurante, o país deixa-se ver à boleia de um peixe de carne rosa.

Governo determinou quotas para frota portuguesa no Atlântico Norte

O Governo determinou as quotas para os navios portugueses de pesca que operam no Atlântico Norte e licenciou onze navios que partem da Gafanha da Nazaré à pesca de bacalhau, cantarilho, raia e verdinho.

Histórias de Jovens Pescadores

David Caçoila, homem do mar desde que se conhece

David Caçoila, 36 anos, casado, um filho, é homem do mar desde que se conhece. Aprendeu com pai a gostar do mar, sobretudo na apanha da alga, em São Martinho do Porto, onde ainda vive. Esta experiência levou-o, com naturalidade, à Marinha, onde foi Mergulhador da Armada Portuguesa durante 3 anos. Ganhou os conhecimentos que lhe permitem hoje ser um profissional do mar.

PORTO DE PESCA COSTEIRA DE AVEIRO

Docapesca avança para nova dragagem na área da lota

A Docapesca abriu um concurso para a dragagem de conservação de fundos do porto de pesca costeira de Aveiro. Vai investir 305 mil euros numa operação que tem como objetivo a melhoria das condições de segurança, navegabilidade e de estacionamento de embarcações neste porto.

Albufeira - intervenção no porto de pesca

A Docapesca - Portos e Lotas efectuou uma intervenção no porto de pesca de Albufeira, que teve como objectivo melhorar as condições para a atracagem de embarcações.
Segundo revela a empresa, encontra-se já concluída a requalificação do sistema de bóias de amarração de embarcações naquele porto algarvio, com capacidade total para 40 barcos. A Docapesca acrescenta que esta intervenção implicou a substituição de todos os pontos de amarração.

Biqueirão também já pode ser pescado à sexta-feira

A DGRM — Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que, desde 8 de Agosto, passou também a ser permitida a pesca de biqueirão (Engraulis encrasicholus) à sexta-feira.

Explica aquela Direcção-Geral que “considerando a evolução das descargas efectuadas desde 1 de Julho último, considera-se poder ser autorizada a captura de biqueirão à sexta-feira”.

REPORTAGEM ESPECIAL SIC

Pescadores do fim do mundo

Cada vez mais indonésios chegam a Portugal para trabalhar no setor da pesca. No ano passado, só nos portos da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde, estiveram registados perto de 200 homens. Os armadores dizem que sem eles a frota pesqueira pára.

Mariscadores algarvios:

«No corpo tenho água salgada ao invés de sangue»

É com Francisco Cruz, mariscador profissional algarvio, que entramos nas águas frias e revoltas do Atlântico. Chico, como é conhecido localmente, fala de uma labuta árdua à cata de percebes. “No corpo tenho água salgada ao invés de sangue”, confidencia.

Fileira do Pescado

A FILEIRA DO PESCADO pretende promover e valorizar a qualidade e a sustentabilidade do pescado consumido em Portugal, assumindo-se como um interlocutor privilegiado com as diversas instituições e com o consumidor.

Governo aumenta quota de pesca da sardinha em 1.800 toneladas

 “A biomassa cresceu 24% e nós tomámos a decisão de aumentar a quota em 25%”, afirmou esta quinta-feira a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, estimando que este aumento da quota permita “manter a pesca da sardinha até outubro”.
Os dados avançados pela governante, em Peniche, apontam para “um aumento de 1.800 toneladas” de sardinha que os pescadores vão poder pescar a mais do que a quota prevista de 2.181 toneladas, que podiam capturar, a partir do mês de agosto.

LOTAÇOR

A Pesca nos Açores

A Pesca que nos Açores remonta à colonização das ilhas, explora cerca de 80 das mais de 500 espécies marinhas que compõem o ecossistema. Maioritariamente artesanal, os aparelhos de linha e anzol dominam as diversas pescarias.
Aliás, nas águas em torno dos Açores a potencialidade pesqueira é condicionada pela profundidade, fortes correntes e pela natureza e irregularidade do fundo, que dificultam a utilização de artes de pesca. Assim, a pesca praticada pela frota regional é realizada na proximidade das ilhas, nos bancos de pesca e nos montes submarinos que apresentam profundidades menores do que os 1.000 metros.

Mulheres-arrais, as pescadeiras com o dever do mar

Andam no mar desde sempre, ou pelo menos desde há 100 anos, o que é um tempo imemorial. Mas são uma rareza num mundo masculino e ainda parecem gostar de se invisibilizar: são as mulheres que vão com os seus homens de barco e começam a mandar. A NM andou com elas, e com eles, todos são casais, na costa brava do Alto Minho, da Apúlia até Viana e elas contam porque é que não resistem ao mar.

Câmara da Murtosa investe na construção de três armazéns de apoio à Arte Xávega, na praia da Torreira

A Câmara Municipal da Murtosa iniciou, recentemente, a empreitada de construção de três armazéns de apoio à Arte Xávega, na praia da Torreira, adjudicada à empresa Edibeiras - Edifícios e Obras Públicas das Beiras, L.da, pelo valor 357.768,63€.

As infraestruturas serão alocadas às três Companhas de Arte Xávega que actualmente operam no Concelho da Murtosa e visam qualificar as condições do exercício da atividade, beneficiando uma comunidade com grande relevância económica, social e cultural, ajudando a perpetuar artes de pesca que fazem parte da matriz identitária das gentes da Murtosa.

Ministra do Mar diz haver condições para pescar mais sardinha em Portugal

A Ministra do Mar disse esta terça-feira haver condições para aumentar a quota de captura de sardinha, contrariando as declarações do diretor-geral das Pescas da Comissão Europeia, que assinalou que o `stock` em Portugal e Espanha está "em mau estado".

"Entendo que será um desconhecimento sobre os últimos dados que nós já temos, já analisámos, e que permitem com certeza termos aqui pelo menos uma base para pedirmos um ligeiro aumento daquilo que é a quantidade a pescar pelos nossos pescadores e pelos pescadores espanhóis", disse a ministra.

Total: 362
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19